12 comments for “Es demasiado tarde

  1. 9 de outubro de 2011 at 7:28

    Mas que que é ilson? Deixa dilson! Vamos nelsa Profê.

    http://www.youtube.com/watch?v=2YMq23JM25o

  2. Padre Quevedo
    8 de outubro de 2011 at 20:34

    MARIACHI, AZTECA E DESCENDENTE DE ATAHUALPA O GRANDE REI SOL, MESTRE HARIOVALDO PRADO

    Alvísseras mestre. Vejo que és fã desse melodiosa música rancheira mexicana. Esse tipo de música só não é mais bonita que aquelas andinas tocadas com quenas, zamponhas, xarango e bumbos, que vemos nas praças das principais cidades do mundo! Parabens!

    Não sei colocar vídeo, como os compadres (para ficar no clima mexicano) mas coloco o link. É do Maná e se chama “Te solte la rienda”! Parece um pouco música de corno velho, mas é bonita!

    Te Solte La RiendaManá Tom: A
    Intro: A

    E|-5-7-8-9-8-7—--5-|
    B|——————-|
    G|-6-7-8-9-8-7-4/6—|
    D|——————-|
    A|——————-|
    E|——————-|

    A
    Se me acabó la fuerza de mi mano izquierda
    E
    voy a dejarte el mundo para ti solita
    Como al caballo blanco le solté la rienda
    a ti también te suelto
    A A7
    y te me vas ahorita
    D
    Y cuando al fin comprendas que el amor bonito
    lo tenías conmigo
    E
    Vas a extrañar mis besos en los propios brazos
    del que esté contigo
    D E
    Vas a sentir que lloras sin poder siquiera
    A F#
    derramar tu llanto
    Bm
    y has de querer mirarte
    E
    en mis ojos tristes
    A F#
    que quisiste tanto
    Bm
    que quisiste tanto
    E A
    que quisiste tanto

    Solado: A -- E -- D -- E -- A

    A
    Cuando se quiere a fuerza rebasar la meta
    E
    y se ababandona todo lo que se ha tenido
    Como tú traes el alma con la rienda suelta
    D E
    Como al caballo blanco le solté la rienda
    A A7
    a ti también te suelto y te me vas ahorita

    D
    Y cuando al fin comprendas que el amor bonito
    lo tenías conmigo
    E
    Vas a extrañar mis besosen los propios brazos
    del que esté contigo
    D E
    Vas a sentir que lloras sin poder siquiera
    A F#
    derramar tu llanto
    Bm
    y has de querer mirarte
    E
    en mis ojos tristes
    A F#
    que quisiste tanto
    Bm
    que quisiste tanto
    E A
    que quisiste tanto

    http://www.youtube.com/watch?v=rCL92PGyndQ

    • Padre Quevedo
      8 de outubro de 2011 at 20:44

      EUREKA MESTRE! Consegui colocar o vídeo!

      Então mestre, eu queria comentar com essa música, que ele é um conselho para o sr. Faça como o autor!

      Solte as rédeas da ingrata e parta prá outra. Tem aquela gracinha da Casa Civil. Ela sim, eu não soltava as rédeas de jeito nenhum e mantinha no cabresto curto!

      Alvíssaras

      • Minima de Malis
        8 de outubro de 2011 at 21:56

        …sì bella e perduta!

  3. 8 de outubro de 2011 at 11:48

    Realmente, profe Hari, águas passada não movem moinho, mas dá pra lavar um bocado de roupa. Aqui fica a sugestão.

    Mudando um pouco de assunto…

    Profe, eu disse um tempo atrás que a REVOLUÇÃO DAS SAIAS estava a caminho não é mesmo? Olha só
    -3 mulheres ganharam premio nobel, sendo que uma é presidenta da Libéria
    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/tres-mulheres-ganham-nobel-da-paz
    -- Em 2000 uma tal de Naomi Klein disse que o CAPITALISMO IRIA MORREEER e agora está na linha de frente na revolução comunista lá pelas banda de Nova ioque dizendo ao povo que o caminho é esse mesmo, fincar raizes até que esse cramunhão não mais respire.
    http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=18653

    Sei não profe Hari, mas parece que a munhê foi treinada lá na coreia do norte ou em Cuba ou talvez seja assim como eu seguidora de Lulinha, Kadafi, Fidel, Hugo Chavez, Mandela os socialistas. Ela tem tática de guerra de guerrilha.
    Adorei, ela é das minhas.
    Ela lembra e muito aquela que lhe deixou pelo amor ao comunismo, a nossa Vana guerrilheira.

  4. Aécio Jereissati Serra
    8 de outubro de 2011 at 9:57

    É O FIM DOS TEMPOS !!!!!!!!!
    ATÉ MESMO O NOSSO “ON THE ROCKS” FOI COOPTADO!
    CHEGA DE FINESSE, VOU ME ENTREGAR À MARVADA DO ALAMBIQUE!

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=RTtcNP7lmUo

    • Plinio Salgado
      11 de outubro de 2011 at 20:13

      Que horror!

      coisa de extremo mau gosto! Como pode??
      Aquela pedra horrorosa que fica atravancando a visão do aeroporto onde embarco a caminho de miami deveria ser implodida! Antes fosse os alpes bernesses na suiça onde mantenho meu pequeno chalé de 300 milhões de dolares!

      Anauê mallandros!

  5. 8 de outubro de 2011 at 8:50

    Desprezador e Rancoroso Maestro das pistas de danças,

    Em se tratando de bolero prefiro este aqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=6wEbj8n6qbs

  6. Minima de Malis
    7 de outubro de 2011 at 22:55

    Com todo respeito, Professor: choooora neném!

    Te amei
    Como ninguém
    Te amou querida
    De ti o menor gesto adorei
    Esquecido da própria vida…

    Perfídia
    Mandaste embora
    Eu não esqueci
    Das rosas, das orquídeas
    Das violetas
    Que eu dava a ti…

    Distraída no ambiente luxuoso
    Em que que sempre vivias
    Tu deixaste que murchassem
    Minhas flôres
    Meu bouquet de fantasia…

    E agora
    Que adoras a quem te magôa
    Perdoas pelo bem que eu te fiz
    Perdôa e serás feliz…

    Distraída no ambiente luxuoso
    Em que que sempre vivias
    Tu deixaste que murchassem
    Minhas flôres
    Meu bouquet de fantasia…

    E agora
    Que adoras a quem te magôa
    Perdôas pelo bem que eu te fiz
    Perdôa e serás feliz…

    http://www.youtube.com/watch?v=ZTx1daT2NPQ&feature=related

  7. Marci
    7 de outubro de 2011 at 22:06

    Prefiero a la maria del barrio!!
    Ai caramba!!!

  8. marquesa de sapucaí
    7 de outubro de 2011 at 19:42

    Professor querido,
    não fique tão triste. Venha para o samba. Ele é compreensivo, sabe abarcar todas as dores. Sem represálias, vai que… uma boa conversa… Pense nisto!

  9. emerson57
    7 de outubro de 2011 at 19:09

Deixe uma resposta para emerson57 Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.