Relembrar é viver

Old Deal

Mestre Harí , nobre confrades e mulheres boas…. digo boas mulheres que frequentam este tabernáculo cibernético da moral e dos bons costumes.

Estava eu hoje ao folhear a bíblia dos homens bons (Veja)  quando deparei-me com os comentários dos nobres leitores e concluí que tais afirmações  tecidas por eles acerca da insubmissa fêmea que hoje ocupa o Alvorada eram verdade .

Eis que deixo os comentários que tanto me impressionaram para que vossas senhorias possam deleitar-se e, analisá-los e ter certeza que aquilo que eles denunciam é a verdade máxima em se tratando de política . Tais comentários se encontram na coluna do leitor da edição de 03/03/2010 .

José Serra

O artigo “Vida longa à Nova República”  (24 de fevereiro) , assinado por José Serra , mostra a distância oceânica que o separa de Dilma e de qualquer intelectual do PT . Estes , jamais teriam capacidade de escrever um artigo com tanta profundidade e clareza . Nem Marco Aurélio Garcia, aquele que entende que é preciso acabar com o “esterco cultural” da TV por assinatura, sem perceber que a maioria do povo brasileiro não quer mais saber é do esterco ideológico do qual ele é um dos ícones . O povo brasileiro não quer mais saber de relações com ditadores genocidas da África, com os irmãos Castro, com Chaves, Morales, Ahmadinejad e outros .O povo brasileiro não quer mais saber do fiasco patrocinado pelo megalomaníaco Celso Amorim .

Vilmar Motta Philippeni

São Leopoldo, RS

Diante de tanto estardalhaço após a oficialização da candidatura petista da ministra Dilma Rousseff à presidência da república, nada melhor do que fazer a leitura do artigo de autoria do governador de São Paulo, José Serra, rememorando os 25 anos da redemocratização brasileira. Pela inteligência, objetividade, sensatez e cristalinidade dos pontos de vista do provável candidato do PSdB à presidência, denota-se a enorme diferença entre o governador do mais importante estado brasileiro e ex-ministro bem sucedido, que tem experiência eleitoral, administrativa e política, e a insípida candidata que vem sendo apresentada como corpo opaco do presidente a quem almeja suceder .

Nivaldo Boamorte Sousa.

Rio de janeiro, RJ.

Oportuna a matéria sobre o amadurecimento da sociedade brasileira. Mais oportuno ainda é o papel dos grandes responsáveis pela Nova República. Gostaria que o presidente Lula, apesar de seu sucesso neste processo de redemocratização e de crescimento, olhasse para aqueles grandes homens, entre os quais acrescentaria o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que em muito contribuiu para o crescimento integral do povo brasileiro .

Antonio Marlos de Mello

Curitiba, PR.

Como podem ver nobres confrades , o povo já sabia quem era o mais preparado para conduzir nossa nação . Infelizmente , a choldra viciada em bolsa-esmola , carros 1.0, minha casa minha vida, PAC , e em empregos não quis ouvir a voz da razão e decidiu colocar no poder uma femea insubmissa , mandona e insensível . Agóra resta-nos chorar pelo leite derramado e orar a São JP IIe São Augusto Pinochet , que de São Paulo , Minas Gerais , de Goiás ou do Paraná venha um salvador .

Ps: Todos os comentários foram extraídos da edição impressa do semanário dos homens bons, edição de 3/03/ 2010 .

20 comments for “Relembrar é viver

  1. Coronel Lalado
    10 de outubro de 2011 at 18:54

    Não sei por que insistem neste assunto e com este sujeito, foi o maior piano que tivemos de carregar pela escada. Se fosse o Maluf a história hoje seria outra. Serra candidato de novo é favorecer o usurpador de Garanhuns colocar mais um poste na presidência.

  2. 9 de outubro de 2011 at 23:06

    Mestre dos mestre mestre Hari,

    O dia 8 de outubro tem de ser tirado o calendário gregoriano. Além de haver comemorações dos marx-lenine-moluscos-comunistas, agora um vereador petralha da cidade de São Paulo, que nasceu em um estado que vive à custa do Bolsa Família, instituiu o Dia da “Gente Diferenciada” no município.

    Aonde vamos parar?! Onde estão os tanques para expulsarmos esses cabeças chatas de nosso estado maravilhoso fundado por homens bons que só praticam o bem?

    Anauê! Heil Hari!

    DEPOIS DE 44 ANOS, CHE GUEVARA AINDA VIVE
    http://blogsintesecubana.blogspot.com/2011/10/depois-de-44-anos-che-guevara-ainda.html

    8 DE OUTUBRO: SÃO PAULO COMEMOROU O DIA DA “GENTE DIFERENCIADA”
    http://limpinhocheiroso.blogspot.com/2011/10/8-de-outubro-sao-paulo-comemorou-o-dia.html

  3. Olavo Mainarzevedo
    9 de outubro de 2011 at 21:20

    Esta revista marrom, ou brown, ou bruna, pode ser melhor denominada como “Bruna Revistinha” ou ainda “Bruna Fascistinha”.

  4. Minima de Malis
    9 de outubro de 2011 at 19:03

    Senhor T.Mello e demais saudosistas:

    Sim, o dr.honoris causa multiplex e a atual presidente da república devem olhar para trás não só para avistá-los lááááá looooonge, nas brumas do passado mas também para evitar “surpresas” do tipo bolinha de papel perdida.
    São tantas recordações… ainda tenho comigo as mensagens eletrônicas que me foram tão candidamente enviadas (a ficha, os dados da receita, o pndh, o aborto, o bidpo, o psps, nem deus impede…

    Àqueles senhores, se ora lhes faltam lôas, eis aqui uma d’antanho:
    “Ai, dona fea! Foste-vos queixar
    que vos nunca louv’en meu trobar;
    mas ora quero fazer um cantar
    en que vos loarei toda via;
    e vedes como vos quero loar:
    dona fea, velha e sandia!”
    (João Garcia de Guilhade)

    Ps. Alguém aqui sabe quem é “Professor Heliodoro”????

    • Minima de Malis
      9 de outubro de 2011 at 19:16

      “o bispo, o papa” e está faltando um “)” no finzinho.

      Acho que esse teclado tem lá seus “prejudices”.

  5. Leitor da Veja
    9 de outubro de 2011 at 18:38

    Todo o meu apoio aos ilustres missivistas. É por essa e outras que a Veja é minha revista de cabeceira e o meu alimento espiritual. É um grande privilégio conviver semanalmente com pessoas tão maravilhosas.

    Os missivistas, a rigor, estavam com a razão. À época os institutos de pesquisa mais divulgados aquí neste blog, o CMAPP -- Centro Munchausen de Análises e Pesquisas Políticas e o IDP -- Instituto Dataprado de Pesquisas apontavam, ambos, uma grande dianteira de Serra. Essa vantagem se manteve até a véspera da eleição quando aconteceu uma virada inexplicável.

    Para nós, eleitores do Serra e amantes da Veja, o Doutor José Serra continua sendo o nosso presidente in pectore. Jamais desistiremos do Serra e, com certeza, marcharemos com ele na eleição presidencial de 2014 quando, juntos, conseguiremos uma retumbante vitória que colocará finalmente uma fim à nossa via crucis de derrotas sucessivas.

    Parabéns ao comentarista T. Mello Rego pela justa homenagem aos leitores da Veja.

  6. 9 de outubro de 2011 at 17:19

    Tenho muito orgulho de ser brasileiro, e esse apais não é um bananal.
    Quem pensa assim é pequeno demais, esta nação é dos trabalhadores e não dos sangues-sugas falastrões, metidos a besta como vocês homens de benz.

    Logo faremos um bom paredon para voces se encostarem

    • mussaadolf
      12 de outubro de 2011 at 20:49

      IRMÃO KÊVARA,VAMOS DEVAGAR, ÊLES TÃO AFUNDANDO SOZÍNHOS, NÃO PODEMOS ENTRAR NA BRIGA DÊLES.

  7. De Vaneio
    9 de outubro de 2011 at 12:00

    Realmente, foi grande o disparate da choldra subvertida escolher a búlgara vermelhusca, em detrimento daquele que, tático, empreendeu retirada estratégica ao Chile e lá, como homem de bem, constituir família(abortos não contam, são senões dentro de um visão mais ampla).

    “Mellador de Rego” amigo,

    Espero, tal qual muitos aqui do espaço, uma rápida volta daquele que há de, em breve futuro, levar a grande nação brasileira ao lugar de seu dívino direito.

    Hip Hip Hooray! Hip Hip Hooray, Chirico, Chirico, Chirico…

  8. Frauzino Bello
    9 de outubro de 2011 at 10:48

    Que os frequentdores reaças deste espaço cibernético, tenham o mesmo destino , e utilizem-se do sobrenome sugerido pelo comentarista Nivaldo.

    e tenho dito.

    Alvíssaras

    • Cachorrinho pulguento
      9 de outubro de 2011 at 17:15

      Mas oque é isto frau frau? (ou seria flu-fru?)

      Desejar boa morte aos homens bons e às mulheres boas? Por acaso, desejas boa morte também ao chirico? Pense nas próximas eleições e como ficará a corrida lesma presidencial sem o chirico e este maravilhoso site para defende-lo. Vá fazer penitencia e reze trezentos pai nosso, trezentas salve rainha ou quem sabe trezentos Salve São jotapedois. Quam sebe assim a sua alma e seu voto serão salvos… Quem sabe!

  9. Padre Quevedo
    9 de outubro de 2011 at 10:11

    Caríssimo Mello.

    Rezo pela cartilha desses leitores. Realmente com Dom José Serra, o Chorão, no governo não estaríamos nessa pindaíba de ser uma nação que ainda não entrou na crise,….ops, que foi a primeira a entrar na crise mundial.

    E veja que o primeiro artigo toca na principal preocupação do povo brasileiro. Ou seja, essa amizade com “ditadores” dos países do eixo do mal. O povo inteiro está mesmo preocupado com a política externa do páis, com quem nossos representantes irá apoiar no mundo, com o papel do país na ONU.

    Afinal, é dessas relações que irão depender os empregos no país e a comida na mesa dos brasileiros. (descupem, vou lá fora vomitar!).

    De uma coisa eu tenho certeza! Se esses leitores/eleitores infantis, quer dizer, informados, decidissem a eleição, seríamos um país diferente. Digamos assim, mais alinhado com as potências e quem sabe, já teríamos doado, quer dizer, vendido, essas estatais cabides de emprego que tanto mal fazem ao país. Seríamos, por que não, um novo Chile, com aquelas festas que os estudantes fazem nas ruas todo dia e são homenageados com fogos de artífício e bombas de perfume pela polícia.

    Alvíssaras!

    • Padre Quevedo
      9 de outubro de 2011 at 10:18

      Xiiiiiiiii! dei uma fabriciada daquelas.

      Sim, percebi (tive certeza) que o último comentário e do T Mello.

      Mas agora, lendo melhor, percebi que os outros só podem ser dele também. Tá bem sutil, mas o primeiro, Vilmar Motta, não dá prá passar.

      Parabens por sua iniciativa de escrever tanto para essa grande revista mestre T.

      • T . Mello Rego
        9 de outubro de 2011 at 13:33

        Nobre Pároco .
        Estas pérolas foram de fato extraidas da biblia dos homens bons .Quando deparei-me com tais artigos sentí meu coração encher-se de júbilo , pois nem tudo está perdido neste bananal e existem pessoas lúcidas e que entendem de carater e política .

      • De Vaneio
        10 de outubro de 2011 at 18:52

        Afianço os sentimentos do grande Mellador. Ao ler, tive ondas orgástica correndo pelo meu corpo, ao saber que existem ainda, lá no Uncle King, nobres defesores do bem e dos benz.

        Este país tem futuro…

    • Vivi I
      13 de outubro de 2011 at 16:42

      Fui às lágrimas ao reler os comentários que T. Mello nos presentiou. Assim, no calor da emoção e das lágrimas vertendo no rosto, percebi a profundidade da argumentação ao apoiar e louvar o texto do Dr. José Serra. A nobreza dos nomes denotam que realmente existem pessoas especilmente talhadas para cumprir nobres ações que engrdecem a nossa pátria.
      José Serra é um desses homens!!!
      Eu não li O artigo “Vida longa à Nova República” publicado pelo Dr. Serra por ocasião das comemorações dos 25 anos da redemocratização do Brasil.
      As manifestações de apoio demonstrada por leitores da ilibidada revista semanal despertou em mim o desejo de conhecer o artigo.
      Porém, todavia, contudo, portanto, percebo traços sutis de semelhanças nos comentários com o estilo literário do Nobre T. Mello Rego. Tal semelhança demonstra a influêcia do Mestre “sobre” os aprendizes.

  10. Reinaldo Carvalho Cardoso Neto
    9 de outubro de 2011 at 8:26

    Curioso o nome do último comentarista de Benz. Antonio Marlos de Mello.

    Por acaso seria irmão do nobre articulista que escreveu esse texto?

  11. 9 de outubro de 2011 at 7:40

    São Pinochet, tudo bem! Mas não devemos esquecer de homens do mesmo quilate que o nobre herói chileno, como São Ferreira Gullar, São Roberto Freire, São José Arlindo Soares (primeiro suplente deste último), São Nélson Mota, São Gabeira, verdadeiros anjos que nem precisaram morrer para que fossem devidamente canonizados. Amén!

    • Lincoln
      9 de outubro de 2011 at 13:11

      Por que não São ACM, São Garrastazu Médici, São Mussolini, São Stalin, os santos baby e papa Doc e São Hitler?

    • Cachorrinho pulguento
      9 de outubro de 2011 at 17:19

      Todo filhos da pu… digo filhos da pátria e atuais moradores da cavernas do ostracismo-fundos, subsolo nível 45.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.