Homem bom perseguido por morar bem

Vejam só aonde nós chegamos nesta ditadura comunista maléfica, onde a perseguição injusta e descabida assola todos aqueles que não compactuam com os modos e hábitos da gentalha ignara e de seus representantes infames. Não bastasse infestarem as cidades da nação com suas moradias padrão soviético a que chamam de ‘Minha casa, minha vida‘ (argh), quebrando a tradição brasileira da favela e dos cortiços para os pobres, num claro incitamento a sublevação social, tônica do regime vigente no país, ainda querem questionar os de bem, aqueles que vivem na humildade e na simplicidade, quanto mais não seja, em um modesto apartamento perdido em alguma região de Paris.

É o caso do estadista internacional e grande amigo da América, Fernando Cardoso, que de uma hora para outra passou a ser alvo de comentários maldosos de maus brasileiros, que tomados pela inveja e pelo despeito, ingratos que são, não querem nosso ex – líder bem instalado e acomodado para continuar sua fantástica produção intelectual, para o bem da humanidade. Nada mais natural que ele habite em França pois somente lá se encontra grandes pensadores a sua altura, é uma exigência do destino e até uma merecida recompensa pelo imenso sacrifício que fez ao aceitar governar esta pobre terra e sua gente inculta. Queriam os infelizes comunistas que ele fosse morar onde? Em São Bernado do Campo? Não nos façam rir!

É imperativo que prestemos nossa solidariedade à FHC nesse momento. Enviem suas missivas de apoio para avenida Foch, 51 – Paris, France.

 

 

 

51 comments for “Homem bom perseguido por morar bem

  1. Cruzado do anti-petismo
    25 de outubro de 2014 at 23:03

    A ambição desmedida dos larápios que militam na agremiação inimiga da probidade acabará por provocar o efeito oposto ao desejado: não só estará formalmente eleito o íntegro Aécio Neves neste domingo, como também restarão definitivamente desmascarados os abutres vermelhos!

    O Brasil voltará a ser o Brasil das belas canções patrióticas, que o valoroso povo que sabe de seu lugar no país -- e regozija-se disso -- conhece de cor.

    Nossos coqueirais, nossas moças e moços, nossas hostes varonis calarão o mundo comunista, novamente.

    Aécio é 51!

  2. Madame du Pobron
    28 de dezembro de 2012 at 14:26

    A inveja é uma merda! Nosso mais impoluto homem de bem e de benz por acaso não pode veranear em um humilde apartamento em Paris? Ele fez por merecer, enalteceu e bem representou nosso país mundo afora, destilando sua erudição poliglota ao longo dos melhores 8 anos da história deste pobre país, hoje entregue nas mãos da usurpadora búlgara, após penar 8 anos sob o apedeuta de Garanhuns.

  3. Esperando sentado
    26 de dezembro de 2012 at 13:46

    FHC, esse povo está morrendo de inveja de voce: Boris Cassoi acha vive na França; Renato acha que é um lord ingles; Arnaldo JABOUR acha é um americano nato WASP e Alexandre Gracinha acha ser o criador de Brasília e a Miriam Porção acha ser um premio nobel de economia. Com tanto gente se achando, porque voce não pode se achar….O maior cretino da história do Brasil…..!!!

    • 27 de dezembro de 2012 at 9:37

      Você não acha ser fabrício. Você realmente ser fabrício comunista comedor de preposição. Nós acha você sair daqui agora senão pau vai comer.

    • 27 de dezembro de 2012 at 13:36

      Boa tarde.

      O maior cretino da história do Brasil…”.

      Discordo, caro Esperando sentado.

      O maior cretino é quem colocou antenas de queratina no FGagacê.

      Saudações “Marchando para um Brasil para os brasileiros,

      Morvan, Usuário Linux #433640.

  4. Cachorrinho Pulguento
    26 de dezembro de 2012 at 10:35

    Cruz Credo!
    Este grande filho da pátria merece um post que atravessa as festas de natal (dias 24 e 25) e ainda continua dia 26!

    Vou fazer meu Protesto:
    Abaixo fgagace; Queremos um post com a posta e não com o bosta”

    • emerson57
      26 de dezembro de 2012 at 10:54

      não se apoquente, pequeno cão,
      o catão dos pinhais, também conhecido por miss botox, vem ai!

  5. Alexandre Afonso de Albuquerque Fidalgo Pereira de Silves
    26 de dezembro de 2012 at 8:23

    C’est la vie, monsieur. Incultos, mal conhecem a bonne vie de la France e Europe. Merde!

  6. Padre Quevedo
    25 de dezembro de 2012 at 23:57

    NORMANDO E PARISIENSE MESTRE PROFESSOR HARI PRADO

    Uh lá lá! Professor. “Le pescoce est aprés moi sur la meme chose” tradução livre: O buraco é mais embaixo!

    Mas venho aqui comentar sobre o brilhante post de autoria do meu colega de batinas, padre Iscas. Ele cita bastante sobre os fariseus. Como alguns sabem essa denominada seita que havia no tempo de Cristo, primava por se considerarem “santos e justos” e cumprirem fielmente os rígidos preceitos do Deuteronônio, os quais esses patriotas acrescentaram alguns outros, mais de 500.

    Dentre os preceitos estava o fato de não tocar mulher menstruada, não levantar uma palha no sábado, não tocar em mortos, e outras coisas consideradas impuras. O Mestre desobedecia a todas e chegou a dizer: afastai de mim fariseus hipócritas, que colocam fardos pesados nas costas do povo mas que para vocês mesmos, só reservam os mais leves. Falava evidentemente dessas regras que os fariseus impunham ao povo.

    Lembrei-me dessa história e de alguns fariseus hodiernos, por exemplo, os que foram contra a redução da tarifa de energia elétrica. São a favor do pesado fardo dos tributos para a gentalha, mas são contra a redução, por mínima que seja, dos seus lucros.

    Saudações!

  7. Mare Hollysmoke
    25 de dezembro de 2012 at 22:39
    • Vivi
      25 de dezembro de 2012 at 22:52

      love and goodnighty for you too!

  8. Vivi
    25 de dezembro de 2012 at 22:24

    Tomada pela tristeza dessa fotenha e atendendo ao pedido de mestre Hari, trago um conterrâneo desse grande estadista, que não tem por aqui um riche-lieu à altura.

    Diz François, Duque de La Rochefoucauld: “O grande prazer que nos dá falarmos de nós próprios deve fazer-nos recear não darmos nenhum aos que nos ouvem.”

  9. Shirley DONDOKA
    25 de dezembro de 2012 at 17:56
  10. Shirley DONDOKA
    25 de dezembro de 2012 at 17:54

    O retorno do UNGIDO da MOOCA será feito com muita pompa em 2013.

    As hordas de massa fétida (PTralhas) já se preparam para prestar as honrarias de DOM JOSÉ.

    http://www.brasil247.com/pt/247/minas247/88913/Serra-já-sabota-Aécio.htm

  11. 25 de dezembro de 2012 at 16:03

    Bonjour confrades opulentos que queiram ter o mesmo CEP que FHC: 75116, vejam algumas ofertas em um site francês.

    http://www.feau-immobilier.fr/liste-resultats-biens-libres.aspx?code_postal=75116#

  12. Clovis
    25 de dezembro de 2012 at 11:29

    Peraí, não…. responder ( e merda: estou embriagado. Quem é o Prof. Hariovaldo (com H ) ? Voce é genio não preciza responder: Voce é … Verbo Ser….Feliz natal…Paz, luz voce tem própia

  13. 25 de dezembro de 2012 at 9:21

    Professor gostaria de deixar esse cartão para que o senhor coloque na cesta natalina de Bambi

    E também vai o CD inédito da Dupla sertaneja Mailson e Arminio cantando para nosso corno diamante de estimação especial :
    Meu pibinho minha vida .

    http://www.brasil247.com/pt/247/economia/88923/Segundo-Ma%C3%ADlson-heran%C3%A7a-bendita-de-FHC-chegou-ao-fim.htm

    Ao fundo com a voz aveludada , Otavinho, dando o tom festivo .

    http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/88908/Folha-contesta-popularidade-de-Dilma.htm

    Quem tem padrinho não morre pagão, quem tem amigos não morre na solidão. Viva o Bambi, viva…

  14. Grupon Peixe Urbano
    25 de dezembro de 2012 at 5:02

    Hoje a gente identifica pobre pelas viagens que realiza. Compra viagem para Paris em 20x e tira foto na frente da Torre Eiffel. FHC acha alguma chiquice viajar a Paris? Tenha dó. Duas primas minhas já viajaram com os namorados para Paris. Uma prima ganhou a passagem do meu tio que é feirante e a outra prima namora com um vendedor de consórcio.

  15. H.92
    25 de dezembro de 2012 at 2:29

    Exato. É mais um golpe do lulopetismo, essa perseguição do adorado Fernando é coisa dessa petralhada que não tem o que fazer. São invejosos, ficam aí distribuindo bolsa esmola, fazendo obras de infraestrutura, discursando pelo mundo a fora, aumentando demais o salário mínimo, colocando pobre e preto nas universidades, abaixando a conta de luz e cortando os juros, aonde vamos parar assim???

    • Cachorrinho Pulguento
      25 de dezembro de 2012 at 9:35

      NEM TE CONTO!

      • Cachorrinho Pulguento
        25 de dezembro de 2012 at 9:38

        OPS, Falha minha!

        Desculpem-me nobres confrades. Nao devo falar e nem pensar em palavrão no dia de natal!

        • Vivi
          25 de dezembro de 2012 at 22:49

          feliz nautau!

  16. Gabriel
    24 de dezembro de 2012 at 21:01

    Ao ler o seu artigo, senhor Hariovaldo, suas palavras me trouxeram grande comossão. Portanto fica aqui os meus sinceros votos natalinos de VAI SER FELIZ, vc e toda a sua família.

  17. Henrique
    24 de dezembro de 2012 at 20:27

    Esse prof. é o mais BABACA q Já vi e olhe q conheço muitos!!!!

    • Ramiro da Cartucheira
      25 de dezembro de 2012 at 16:41

      A qual professor você se refere, Henrique, a seu semi-xará, ou ao Professor Hariovaldo. Seja um ou seja outro você errou vergonhosamente. Nenhum dos dois é BABACA. Muito antes, pelo contrário. Sábios cientistas políticos, sociólogos, antropólogos que se nivelam a M.Antônio Villa, Merval ABL Pereira, Arnaldo Jabor e Alexandre Garcia, estas sumidades de reconhecimento e respeito mundial, repetidas vezes homenageadas com títulos ‘honoris-causa’ e prêmios internacionais merecem mais respeito e reverência do alto de sua ignorância. Consulte o tio Google e verifique as inúmeras páginas que vão abrir na sua telinha sobre estes brasileiros acima citados que, nenhum outro patrício consegue aproximar em qualidade e quantidade. Nenhum mesmo, a exceção, talvez, de um tal de Lula que, inexplicavelmente, pode surgir na sua pesquisa.

    • Julio Cesar Fregguesia
      25 de dezembro de 2012 at 20:59

      Caro Henrique Fabrício
      Também sou professor e de história. Claro que a história que conto é aquela limpinha e cheirosa, tudo pela ótica européia. Deste modo, desconhecia este termo que vossência utilizou para se referir ao nosso amado mestre. Desconfiávamos, pela sonoridade pobre da palavra, ser a mesma originária da boca do gentio da terra ou de costas d’África. Assim, fomos a São Wikipédia que, solícito, de pronto nos revelou as entranhas do termo:
      Originalmente a palavra babaca consistia em um termo africano, de origem banta utilizado como denominação vulgar da vulva feminina.

      Sinceramente, desconheço a reação do nosso mestre ao saber que foi rotulado daquilo que a luzia deu na horta. mas uma coisa é certa. Em nosso próximo encontro para tratar dos futuros golp…, quer dizer, ações legítimas contra o governo da usurpadora em 2013, caso eu constate a veracidade de suas palavras, vou logo dizendo: Desculpe Prof. Hari, mas antes vou lhe usar.

  18. Dr. Aratinga Weddellii
    24 de dezembro de 2012 at 19:52

    Confreiras, Confrades,
    Note-se a simplicidade desse homem, que é o maior líder da Alexandria e do restante do globo.
    Seria recomendável que ele vivesse eternamente em Paris irradiando sua luz nessa sombria cidade. Em Paris ele encontrará o porteiro do edifício parisiense. Isso é bom para aumentar ainda mais a sua popularidade. E maes, a proximidade com o Metro, dá um ar de integração aos seres comuns, o que não ocorre em Higienópolis, logicamente contra a vontade dele.
    Já o Genoíno, aquele que faz mal uso do dinheiro público, conseguiu se safar das boas intenções de Bob Gurgel. Vai passar o Natal livre seu palacete no Butantã.
    Amplexos.

    • Vivi
      25 de dezembro de 2012 at 22:48

      Ara xerri

      Oportuníssima sua recomendação!

      Viva Ferdinand, le con!

  19. Alfano de Almeida Lins - Filósofo e Jornalista
    24 de dezembro de 2012 at 17:11

    Veja só: a injustiça se estende ao combativo senador Álvaro Dias. O príncipe da toxina botulínica para fisn estéticos se vê agora acossado pela mídia vermelha em função de suas conquistas. Entre os agressores está o site http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/88841/%C3%81lvaro-declarou-R$-19-mi-e-filha-pede-oito-vezes-mais.htm. Um absurdo.

    • H.92
      25 de dezembro de 2012 at 2:33

      São os mesmos que deram um golpe no ilustríssimo e honesto Demóstenes, estão atrás do Álvaro, petralhas não suportam homens de benz e de moral inabalável. Veja o caso do empresário de jogos de azar Carlos Waterfall e do digníssimo Marcola Perrilo…

  20. Barão do Bom Retiro
    24 de dezembro de 2012 at 16:49

    Ouvi dizer que vai ocorrer uma grande levante no bairro da higiene, devido ao exílio voluntário de tão grande personalidade.
    Não consegui, todavia, saber se será de alegria ou de tristeza.

  21. che guevara
    24 de dezembro de 2012 at 15:21

    Construído em nove andares, 51 avenue Foch, 75016 Paris é um edifício no bairro de Porte Dauphine com 40 unidades. Os 51 avenue Foch é em um terreno de 787 m2 e tem, na verdade, três edifícios. Os 51 avenue Foch é 306 metros da Victor Hugo Metro.

    O preço por m2 em 51 Avenue Foch é, em média, € 14.344, com um intervalo mínimo de € 9.594 e uma alta gama de 20.558 €, dependendo do apartamento e no chão. Comparado com o preço médio por m2 avenue Foch (€ 12.713) por metro quadrado em 51 Foch Ave é maior (12,8%). Da mesma forma, em comparação com o medidor de média quadrada em Paris 16 (€ 10.097), que é muito mais elevada (42,1%). Os 51 av Foch é, portanto, parte dos 5% dos imóveis mais caros real Paris 16.

    Preço médio do m2: 14 344 €

    http://www.meilleursagents.com/prix-immobilier/m2/avenue-foch-140/51/

    • emerson57
      24 de dezembro de 2012 at 18:41

      falecido revolucionário,
      é um tal de
      fock para cá,
      fock para lá,
      que eu não entendi nada!
      seria isso uma mensagem subliminar?
      ou é idéia fixa, mesmo?

      • Cachorrinho Pulguento
        24 de dezembro de 2012 at 19:05

        Minhas pulgas me revelaram a mensagem subliminar: Se Fgagace fosse levado a sério, tava todo mundo Fochdido!

    • Rose
      25 de dezembro de 2012 at 1:37

      Companhei..ops, confrade Che Guevara

      Que são as ninharias para o soberbo professor da Sorbone, o chefe mor da privataria ??(sempre auxiliado pelo inestimado D. Chirico)

      Joyeux Noël

    • Nádia
      26 de dezembro de 2012 at 20:29

      Confrade Che(argh) Guevara, nosso compatriota realmente trabalhou muitíssimo, agora tem seu merecido descanso, a sua rara lucidez precisa ser revigorado.

  22. 24 de dezembro de 2012 at 15:04

    Causou-me espécie ao ler este artigo de 05/03/2003, quando findava o auto-exílio de FHC em PARIS, intitulado pela ISTO É DINHEIRO, “UMA TARDE NA PARIS DE FHC”. Isto é dinheiro? Ou, isto é, dinheiro!
    Senti-me no filme de Woody Allen, Midnight in Paris!

    “As folhas secas já caíram em Paris. Os franceses preparam-se para a primavera. O ex-presidente brasileiro Fernando Henrique atravessou toda a estação de frio na cidade luz. E também está prestes a uma mudança. A temporada de ausência, num retiro voluntário, está chegando ao fim. Ele circulou no calendário o dia 15 de março para o retorno a São Paulo, mas não demonstra a menor pressa em deixar aquela atmosfera. “Paris é esse esplendor que agarra a gente”, define à DINHEIRO, avançando lentamente pelas alamedas do Jardim de Luxemburgo, na beirada do Quartier Latin. “Aqui se morre de ver lugar bonito.” Fala como um devoto do modo de vida parisiense, do qual participa desde quando, se sonhava com o poder, não confessava a ninguém. “Em 1960, comprei um carro nessa rua”, recorda, de estalo, ao passarmos pela Bonaparte. “Neste prédio, em 69, dei uma palestra”, fala na metade da rua D’Assas. Entre reminiscências, faz projeções sobre a economia brasileira, conta histórias dos oito anos na Presidência e comenta o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na tarde da ensolarada e simultaneamente fria segunda-feira 24. Enquanto anda, é claro, faz piadas. “Essa é a vantagem de eu não ser um ditador sul-americano ou africano”, inicia para explicar por que não carregou à França o aparato de dez auxiliares a que tem direito como ex-presidente nem aceitou um corpo de segurança oferecido pelo governo francês. “Posso caminhar livre pelas ruas sem enfrentar passeatas pedindo para eu ir embora.”

    Com os pés no solo em que não se sente estrangeiro, ele dirige muitos olhares para a situação econômica brasileira. Neste ponto, teme. “Torço, de verdade, para o sucesso do governo Lula, mas ninguém sabe onde é exatamente o fundo do poço”, assinala. ”

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/9932_UMA+TARDE+NA+PARIS+DE+FHC

    • Rose
      25 de dezembro de 2012 at 1:49

      “Torço, de verdade, para o sucesso do governo Lula, mas ninguém sabe onde é exatamente o fundo do poço”

      …penso que talvez seja ir duas vezes ao FMI de pires na mão, quem sabe tirar os sapato no aeroporto, não , é ser chamado de incompetente pelo presidente americano…Deve ser algum problema de memoria ter ido a um lugar e se esquecer.

      • Dr. Aratinga Weddellii
        25 de dezembro de 2012 at 8:51

        Rosa Rose,
        Deixe estar. Enquanto o clamor for “esqueçam o que eu disse”, está bem. Diphícil será quando for proclamado: esqueçam de esquecer o que eu disse.

      • Morvan
        26 de dezembro de 2012 at 9:04

        Bom dia.

        Caríssima Rose: “Torço, de verdade, para o sucesso do governo Lula, mas ninguém sabe onde é exatamente o fundo do poço.”.

        O problema não nem a torcida do corn., digo, estadista (vive nos estádios!).
        O problema é o que significa sucesso -- para ele e seus asseclas.
        Sucesso para eles -- para a patuleia, azeite (bem quente)…

        Saudações Enquanto Lula é agraciado, o corno é recalcado,

        Morvan, Usuário Lula, digo, Linux #433640.

    • 25 de dezembro de 2012 at 7:26

      “Paris é esse esplendor que agarra a gente”.
      -Toma cuidado com o Hollande oh Bambi, se sonegar o fisco, Paris vai te agarrar de jeito, não tem essa historia de ser octogenário para não ir para o xadrez não!

      “Em 1960, comprei um carro nessa rua”
      -- Todo mundo sabe do seu carro também no Chile, seu vadio. Seu auto-exilio sempre foi motorizado.Que coisa não!! FHC é o unico caso na historia de perseguido politico que comprava com proprio dinheiro carros.

      “Neste prédio, em 69, dei uma palestra”
      -- Todo mundo sabe o que você vivia dando nos verões parisienses passados seu chifrudo.

      “Torço, de verdade, para o sucesso do governo Lula, mas ninguém sabe onde é exatamente o fundo do poço”

      -Essa frase é daquelas que desmascara a criatura, mostra toda inveja do ser. O desejo que o Lula desse errado é como veneno a escorrer à boca do corno.É impressionante como o FHC tinha certeza que o Lula daria errado, afinal o doutor da Sorbonne teve que se ajoelhar tantas vezes a tanta gente como FMI e Banqueiros brasileiros para não ser expulso do palácio do Planalto, imaginava que Lula ,desprovido desse instrumento ( joelhos de aço) não resistiria por tanto tempo.

      De todas as fraquezas do Lula, a maior é ter joelhos fracos, mas também tem cotovelos sensiveis, adora dar uma banana para a casa grande. Tem também baixa visão noturna , por isso que adora a luz do dia( ao contrário de Serrito) . Tem falanges muito rigidas, jamais seria um tocador de piano como alguns habilidosos congressista que votavam para os ausentes no passado e Bambi que adorava dar autografos…

      Como Bambi adorava assinar notas promissórias para os imperialistas!!

      … Definitivamente Lula tem graves deformações anatômicas, nem os ortopedistas da germania dariam jeito no demonio de Garanhuns, quanto mais Paris.

      • 25 de dezembro de 2012 at 15:37

        Ma chérie Ana!

        Veja esta passagem! Acabei com meu estoque Dramin!

        ” São quase cinco da tarde, a temperatura deve estar por volta dos cinco graus positivos e o presidente lembra que precisa comprar a inglesa The Economist para ler uma reportagem sobre o Brasil. Aproveita para apanhar o seu favorito Le Monde. Ao pé das escadarias da catedral de Saint Sulpice, vislumbra um casal de namorados num demorado beijo. “Isso aqui há à farta”, aquiesce. “

  23. Heidi Maria
    24 de dezembro de 2012 at 14:58

    Mestre de les Champs Elisèe,

    A única ressalva é que é: “Ma maison ma vie, dit le célèbre phare d’Alexandrie”. Ele pode, é diplomado e é inteligente. Só periga que le servidor público francês François Hollande queira lhe cobrar imposto, erroneamente por sinal, por excesso de fortune.

  24. Coronel Lalado
    24 de dezembro de 2012 at 14:17

    Caro Prof. Hariovaldo,

    Bela iniciativa, como não foi dada a zona postal vou dar meu depoimento, emocionado, que peço que este sitio envie ao homenageado:

    Prezado prof. Cardozo, gostaria de homenagea-lo mas e não sei qual dos seus textos citar já que você mandou esquecê-los. Como ando com a memória fraca também não lembro de suas famosas entrevistas ou das obras permanentes do seu governo, mas sei que existem. A perua, não estou bem certo se é peru ou leitão, falou que estamos a beira do caos econômico, é melhor esta sua pessoa e seu produtivo cérebro ficarem por aí até que o povo, desesperado, implore pela sua volta, sem que haja necessidade de eleições. Posso garantir que não vai demorar, pois trata-se de um dos nossos melhores analistas econômicos. Por falar em analistas, dê um abração no Merval, fiquei sabendo que vossa excelência está cercado de intelectuais deste naipe.

    Um admirador!

  25. emerson57
    24 de dezembro de 2012 at 13:14

    tio hari,
    nessa véspera de natal, data máxima da cristandade elevemos nossa preces ao céu!
    o povo brasileiro não vê nada de mais em fegacê ir para a cidade luz.
    o problema
    é que ele volta!
    http://www.youtube.com/watch?v=Q8Tiz6INF7I&feature=player_detailpage

    “Caia na estrada, Jack e não volte nunca mais,
    nunca mais, nunca mais nunca mais
    Caia na estrada, Jack e não volte nunca mais”

  26. Lady Emma Tomas
    24 de dezembro de 2012 at 13:00

    Preclaros,ínclitos e nobres senhores de nossa fidalguia tupiniquim,

    Eu e meu carinhoso marido,Sir Tom Minuannus,resolvemos seguir os passos de Gérard Depardieu e outros ricos ex-franceses e nos tornamos cidadãos Belgas.Já não bastam os comunistas de alhures quererem que nós, capitalistas de antanho,nos sujeitemos às estranhas regras socialistas de igualdade,fraternidade e liberdade,ainda que esta última nos seja útil para fugi…,digo,partirmos deste país.Já dispensamos nossa cidadania francesa e pretendemos voltar tão somente quando o torrão francês estiver livre das malditas hostes comunofacistas.
    Entrementes,concito a todos os ricos brasileiros que tenham dupla cidadania e algo de valor naquele país,inclusive nosso grande siciólogo sorboniano,que façam o mesmo,antes que a turba ensandecida resolva promover um novo golpe de Estado(que eles teimam em chamar de revolução.Pois sim!)contra aqueles que realmente azeitam a máquina capitalista francesa e mundial e,pela meritocracia,possibilitam a todos a ascensão profissional(inclusive,alguns até comem brioches).

    Agradeçendo a autorização de meu amado para postar estas mal traçadas.Até mais ver.

  27. Cachorrinho Pulguento
    24 de dezembro de 2012 at 10:46

    Observações Caninas:

    1 – Na segunda fotenha não precisava a setinha para apontar Fgagagce; Nota-se que ele ta sozinho e a rua está deserta. Se fosse o Lula a rua estaria repleta de pessoas;

    2 – No final do texto, está escrito: “somente lá se encontra grandes pensadores a sua altura”. Pergunta-se: Aceninho foi para lá e aceitou ficar sentar no chão.

    3 – Neste natal, desejo para fgaga um peru bem grande!

  28. T. Mello Rego
    24 de dezembro de 2012 at 10:05

    Em que situação chegamos, agora esses petralhas de uma figa querem que nos conformemos com um puxadinho em Higienóplois, tem cabimento isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.