Lula exige o dízimo da malta bochevista

Partido quer arrecadar mais para despesas com charutos

Muitos dizem que era o que faltava. Outros já acham que não foi sem tempo. A verdade é que desde que o Dardo Canha recebeu mensagens divinas determinando que selasse a paz entre judeus e árabes, entre outras coisitas mas , um que de religiosidade mística operante passou a bater às portas dos rachados políticos do bananal. E o que era para ser uma alegre reunião de camaradas bolivarianos pro castristas deliberando sobre os rumos da política marxista luloleninista da facção petrelhista bananaliense, acabou se revelando uma surpresa sem limites até para o chavista mais renhido e renitente. Para não dizer penitente! . Inaudita e original como jamais se verá outra, insólita talvez, tenho toda a certeza. Em fala algo desconexa, entre um e outro gole de cachaça gimba, biriba oficial petralheira, o Mariscão fez uma pausa, olhou para o branco dos olhos de cada um dos presentes e anunciou a guinada sem par nos rumos do “Fraturado sem Tratores”, facção majoritária do maior partido de esquerda da direita do bananal. “O que é bom para o Maiscedo será bom para nós. A partir de agora, será criado o dízimo partidário para a composição de um fundo que libere da necessidade da aceitação de contribuições de empreiteiras  que prestam serviço para a Petrolox. Charutos estão muito caros e não temos coragem de gastar nossas minguadas e suadas pazuzas com eles. Só comprando com cartão de crédito.” E continuou: Vamos passar a sacolinha e esperar o dez por centos dos salários… “Se quiserem põem jogar no cartão de crédito ou cheque especial Todos vão ter que contribuir. Aceitamos cheques e vales refeição. Menos bolsa família… O que não pode acontecer mais são essas doações de empresas nas privadas. Vem um, puxa a descarga e vai tudo pelo ralo”, comentou Bom Gavião, presidente nacional da sigla.

Central Digital controlará o recebimento da grana

O Mariscão revelou que já contribui, mão quis revelar o valor do dizimo. Como a dizimo é um décimo do ganho, o próprio não quis revelar com quanto iria contribuir para não revelar quanto ganha. Destacou que pessoas de outras religiões também podem dar sem vergonha de serem felizes. Já este disponibilizado o saite que recebe doações por cartão, lembrando que no inicio das atividades o partido vendia todo tipo de bagulhos e quinquilharias. Lembrou o tempo que vendia estrelas: Cobra até pelas estrelas. “A gente vendia até estrellnhas. Nada era de graça”.

E FEZ UM APELO COMOVENTE: Vamos mandar a militância para os semáforos e em troca de limpar o vidro do carro solicitar uma doação. Precisamos capitalizar o partido já que todos preferem o mínimo de conforto para se estabelecer. Vamos comprar poltronas acolchoadas, por que se só houver cadeiras de madeira grande maioria vai preferir as poltronas do outro partido. Se tivesse que ficar na chuva então. Nem se fala… concluiu o mariscão matando a garrafa de birita. Os homens bons já se manifestaram advertindo do perigo dessa empreitada surtir efeito capitalizando o partido para desenvolver suas atividades atentatórias à democracia, à moral e aos bons costumes já que vão de dedicar a compra de charutos.

O sociólogo já avisou que os comunistas pagam o dízimo

 

34 comments for “Lula exige o dízimo da malta bochevista

  1. Sílvio Caldas
    15 de junho de 2015 at 16:45

    Enquanto isso nosso Tio preferido escreve o prefácio de um livro sobre a trajetória judaica na América chamado Caminhos Cruzados.
    Não me aguentei e mandei um comentário que eu sei que não será publicado lembrando o Rei que Caminhos Cruzados é um romance comunista de Érico Veríssimo.
    Imaginem irmãos se o título fosse Os Sertões ou Vidas Secas…

    • Sílvio Caldas
      15 de junho de 2015 at 16:47

      Alvíssaras
      Ele publicou

      Sílvio Caldas -- 15/6/2015 às 4:38 pm
      Caminhos Cruzados é um excelente romance de Érico Veríssimo onde diversas tramas da Porto Alegre dos anos 1930 se entrelaçam.
      O autor não foi feliz na escolha do título.

  2. revenger
    15 de junho de 2015 at 15:09

    E se as empres…digo Igrejas pedirem royalties?

  3. 15 de junho de 2015 at 12:02

    off-topic:

    Caros colegas, em especial ao Leitor da Veja,

    Rotiel pediu conselhos ao tio rei?

    Jovem Pan Online
    ‏@portaljovempan
    #RadioatividadeJP
    Reinaldo Azevedo vai te dar dicas neste #DiaDosNamorados! Saiba mais: http://bit.ly/1Sbr3T4

    https://twitter.com/portaljovempan/status/609430948271276033

  4. emerson57
    15 de junho de 2015 at 10:54

    Senador filho da Pátria aguarda 2038 trabalhando incessantemente para o bem danação:
    http://jornalggn.com.br/noticia/senadores-tentam-impedir-votacao-de-projeto-de-serra-para-o-pre-sal

  5. emerson57
    15 de junho de 2015 at 10:24

    Só (2038) ÇERRA45 salva!!!! vice fegacê…….viiiiiiiiixe!:

    Prefeitos de pais comunista bolivariano AUMENTAM! o salário mínimo!!!!

    “É que o prefeito Los Angeles, Eric Garcetti, assinou no sábado uma lei que eleva em quase 70% o salário mínimo. Passa de 9 para 15 dólares por hora (ou seja, de 28 para 46,80 reais por hora) e atinge perto de 600 mil pessoas.”

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=27551

  6. KATARO ANOTA (dimdim)
    15 de junho de 2015 at 7:58

    Dez por cento é um adjutório até pequeno considerando o facto que o ouro de Moscovo não esptá vindo mais..

  7. emerson57
    15 de junho de 2015 at 7:48

    Enquanto ÇERRA45 vice fegacê….viiiiiiiixe! serenamente esperam sentados 2038,

    Prepheito do PeTe está confuso em São Paulo:

    Fernando Haddad ✔@Haddad_Fernando
    Hoje fui ao excepcional Veloso Bar comer coxinha e um coxinha reclamou das ciclovias. Fiquei confuso.
    15: 44 -- 14 jun 2015
    3.001 3.001 Retweets 2.524 2.524 curtiram

  8. Von Kasca
    14 de junho de 2015 at 23:24

    Intrépidos Confrades!

    Pelo que estou entendendo (malditos gerundismos!), breve teremos
    uma lei saneadora que tornará crime a picaretafobia. A pena prevista
    será de 4 anos de detenção. Veremos se alguém ainda se atreverá
    a desfiar a Bancada Evangélica.

  9. OFURO SOKAGAWA
    14 de junho de 2015 at 16:15

    Ophph topic.
    Vejam o que vi escripto no muro: “Pheliciano, emphia espta cura gay no phiophó”. A ultima palavra não phoi exactamenpte espta.

    • 14 de junho de 2015 at 22:10

      Mas aí é que tá! Para haver uma cura gay tem que enfiar alguma coisa no phiophó do gay. O Pheliciano acertou errando. he he he

    • Cachorrinho Pulguento
      15 de junho de 2015 at 8:21

      serguey ou nao ser guey eis a questão: Sair do armario e ser feliz ou continuar lá e ser rico!

      • hamilton damato
        15 de junho de 2015 at 8:39

        Uma pergunta pulguento: o que tem a ver usar Ofuro com ser rico?

  10. Padre Quevedo
    14 de junho de 2015 at 11:36

    Confrades,

    A última novidade a respeito da nossa “casa das leis”; “casa do povo” “bastião da democracia”, etc, se já não bastasse a má fama daquele lupanar, quer dizer, lugar de lobos, quer dizer, luxuoso condomínio de sábios, venha essa agora:

    BANCADA DA BÍBLIA REPRESENTA MAIS DE 86% DA CÂMARA. Isso, na esteira da manifestação dos parlamentares contra a travesti que se crucificou, com o peito de fora, na av. Paulista, durante a parada Gay. Mostraram bem como aceitam a liberdade de expressão. Tão certinhos, ora. Ficar fazendo troça com o cristianismo não pode. Ainda se fosse com as religiões afro-brasileiras, candomblé, umbanda, espiritismo, vá lá…… Mas essas seitas nunca são “trloladas” em programas humorísticos no rádio na tv e, no cinema, nas piadas, etc. Né não?

    Mas o assunto me veio à baila justamente porque comecei a pensar sobre o Nacional Socialismo que dominou, por décadas, a nação germânica. Aquela intolerância toda, justa por sinal, contra os “diferentes” só trouxe união e bem estar ao império alemão.

    Mas como dizia, o assunto me veio à baila quando assistia um documentário do History Chanel, que no sábado passa algo bom de ser assistido, já que durante a semana é só reprise de “programas” de carros usados e lojas de troca de objetos antigos. Se chamava: O DOMÍNIO DO NAZIFACISMO na Amárica Latina. O programa tentou “modificar” a história tal como a conhecemos. Um dos fatos, só prá exemplificar, dizia que o Brasil e a Argentina (essa muito mais) eram alinhados com Hitllet e acolhiam espiões germânicos aqui para divulgar o ideário nazista.

    Que o Brasil, de uma hora prá outra “virou a casaca” e resolveu se unir aos aliados na guerra contra o Nazismo. Mas o mais grave vem agora. O motivo para o Brasil entrar na guerra teria sido o afundamento de vários navios mercantes brasileiros por vasos de guerra e submarinos alemães. Que isso é mentira. Na verdade o próprio Roosevelt ordenou que a marinha americana afundasse os navios para jogar a culpa na Alemanha. Desse jeito o Brasil acabaria entrando na guerra.

    Não acredito! A quinta frota jamais cometeria uma barbaridade dessas, nem a Cia, pois tem como lema nunca fazer sabotagem visando seus interesses. Isso nunca!

    Saudações!

    • hamilton damato
      14 de junho de 2015 at 12:16

      Concordo com o sr. padre. Os americanos lutaram por um mundo livre. Porém, nos estertores da guerra um cadete qualquer de fancaria resolveu apressar o fim da guerra e enviou mensagem falsa (se fazendo passar por autoridade maior) ao piloto do Enola Gay, que tinha complexo de Édipo. Daí os japoneses conheceram cogumelos não comestíveis, Aprenderam também a cultivar rosas, rosas hereditárias, radioativa. Estúpidas e inválidas.

  11. hamilton damato
    14 de junho de 2015 at 9:58

    Indo ao encontro do que falam mas não provam -- de que os fundos partidários do PSDB são levantados em quermesses de festa junina -, os diretórios tucanos de diversas zonas do país armaram barracas pra arrecadar dinheiro pro partido.
    Numa das festas mais concorridas, em Londrina, o partido chegou a arrecadar 100 merréis na barraquinha do tiro ao Alváro, que funcionava assim: O sujeito atirava um dardo num alvo que tinha a cara do Álvaro Dias e se acertasse na cabeça onde está localizado o celébro do renomado político levava pra casa como brinde uma caixa de botox (com as bactérias vivas) embrulhadas em pinho de richa.Só perdeu pra barraca do “Espanque um Professor”, a mais concorrida, que distribuiu como prêmio para as criançinhas e mães de família balas de borracha sabor hortelã. Na zona leste de são paulo, mais precisamente no Jardim Romano, a barraca que mais arrecadou foi a do “Acerte uma Bolinha na Cabeça do Serra”, que ofereceu como brinde coletes salva vidas. Em contrapartida, no Morumbi, reduto do governador, a barraca de maior sucesso foi a “No fundo do Poço”, que distribui dois garrafões de água pra quem retornasse com mais rapidez, depois de arremessado, do fundo de um poço especialmente construído para a efeméride. O serviço de apoio contou com a prestigiosa colaboração da PM do governador, principalmente na parte do arremesso. Sucesso não fez a festa armada no bairro de Higienópolis, não por falta de empenho dos organizadores. Mas sim por causa das tarefas pedidas. Ganhava lanterna e pilha quem conseguisse ler meia página do último livro de FHC, ” A Soma e o Resto”. Ninguém conseguiu, de maneira que restou pilhas e lanternas emk profusão pros organizadores que contabilizaram prejuizo. Porém, o sucesso da festa organizada em Cláudio (MG) compensou o fracasso de Higienópolis. Naquela megalópole mineira o prêmio era um teco-teco pra quem conseguisse achar a chave do aeroporto. Dizem que o tio mais famoso da cidade perdeu o sono e pôs-se a gritar: “Durma-se com um barulho desses”. E o barulho não era de avião….

    • Coronel Lalado
      14 de junho de 2015 at 14:18

      Ungido D’Amato,

      Mas podemos programar huma phescta junina de arromba!! Só convidar os sophridos e injustiçados bancos, as incompreendidas construtoras, puras como agora é a Delpta, as empresas de comunicação, a direptoria da Cêbêéphe, e os phinanciadores do carnaval carioca para dançar huma quadrilha. Em suma só gente chic, com elegantes contas bancárias.

      Vae ter correio elegante, compra de votos para eleição da rainha da pipoca, cadeia, dirigida pelo pessoal do Bar-Bossa, de brincadeirinha onde se pode pagar para sair, pescaria e bingo comandada pelo pessoal do Caneta-Cachô.

      Vamos mostrar a esptes petralhas corruptos, desculpem a redundância, o que é manter hum partido íntegro, puro, exemplar, sem descer ao submundo da corrupção!!

    • Vivi
      15 de junho de 2015 at 11:42

      Não teve barraquinha de beijo?
      O correio elegante poderia ser de delações premiadas… ´s só uma ideia a mais…

  12. Leitor da Veja
    14 de junho de 2015 at 8:50

    O reino do Uncle King está em pé de guerra. Na vanguarda marcha o próprio Uncle King comandando um batalhão de uns trezentos súditos comentaristas todos de lanças eriçadas contra a recriação da CPMF.

    O moderado e idoso Rotiel Ad Ajev consola e conforta o autor da proposta mais radical.

    Rotiel Ad Ajev (13/6/2015 às 9:06 pm):

    “Falar em aumento ou criação de imposto neste País deveria ser proibido e quem fizesse deveria ser pendurado pelos culhões (ou clitóris) em praça pública.”

    Caro Roberto (13/6/2015 às 9:33 am), autor do comentário acima aspeado:
    .
    Compreendo o seu estado de espírito. A situação política que estamos vivenciando exaure as nossas últimas reservas de resignação e paciência cristãs. O nosso próprio Salvador, extremamente irritado, tomou de um chicote e expulsou os vendilhões do templo. Às vezes eu também me deixo possuir pela ira e quando isso acontece eu conto até 100 e leio esta reflexão do Rev. Arthur J. Schoonveld, que eu gostaria de compartilhar com o jovem e irritado cavalheiro:
    .
    Os cristãos e a raiva
    .
    “Se você ficar com raiva, não deixe que isso o faça pecar e não fique com raiva o dia todo (Efésios 4:25-32). A Bíblia nos ensina que há dois tipos de ira: a justa e a pecaminosa. A ira é justa quando o cristão fica bravo e indignado com o pecado. Muitas vezes, porém, a ira é pecado. Noutra versão bíblica a expressão é enfática: “Não deixem que o sol se ponha com vocês ainda irados.” Mesmo os crentes sinceros vivem constantemente irados, às vezes, por coisas banais, como um pneu furado, um líquido derramado, um objeto desaparecido. Aí acende-se o estopim e estraga-se um passeio, uma refeição ou uma atividade social. Mesmo lutando contra a ira, muitos crentes se irritam facilmente. Vem a explosão, o descontrole, em geral perto de pessoas que não querem magoar, erguendo-se, assim, um muro que os divide e separa. Às vezes, essa raiva excessiva pode vir de problemas químicos ou fisiológicos. Daí, precisamos de ajuda médica.”

    • damyddiah
      14 de junho de 2015 at 12:29

      Lembrei-me aggora dos trzenctos de Sparta>
      Phorma-se actualmento os trezenctos dos rayos que os parcta

    • damyddiah
      14 de junho de 2015 at 12:31

      Poes se você já lê essa reviscta encardida nao precisa maes nada!!!

  13. Barão de Itariri
    14 de junho de 2015 at 2:40

    Caríssimos confrades e São Serapião.
    O instituto Lula contrata pastor para ensinar o cramunhão das nove unhas surrupiar dizimo da corja bolchevique. Com este método, Adeus Odebrechet, adeus Petrobrax.

    https://www.youtube.com/watch?v=EbxKMKXnxBs

  14. Coronel Lalado
    13 de junho de 2015 at 19:49

    D’Amydiah, prophessor D’Almeida Prado, demaes indignados que panelam por hum phuturo 7x1,

    Precisamos mostrar a esptes bolivarianos como se arrecada phundos partidários. Precisamos organizar huma grande quermesse!!

    • 13 de junho de 2015 at 21:28

      Caro Coronel,

      Sejamos mais modernos. Quermesse que nada. A moda é ” kic.kan.te”. A marcha (aquela dos auto-móveis no acostamento) fez isto. Pediu 20 e recebeu 50. Mole, mole.

      • damyddiah
        14 de junho de 2015 at 16:30

        Querida Patricialex:

        Poes não é que ghostei dessa idea de chermesse? Poderia ter uma caddeia para prender os homens bons ( de menctirinha, é claro) e elles pagariam propima para sair.

        • 15 de junho de 2015 at 11:59

          Isto é muito arriscado. Vai que na outra ponta, o sujeito decide não aceitar a propina. Aí os homens bons ficarão presos. Assim num pode, assim num dá!

  15. emerson57
    13 de junho de 2015 at 16:39

    tem mais:
    em 2038 ÇERRA45 vixe fegacê vvvvvvviiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiixxxxxxxxxxxxxxxxeeeeeeeeeeee!
    cuidado que o bicho pode te pegar!
    https://youtu.be/LaZcfVsEMPg

  16. emerson57
    13 de junho de 2015 at 16:35
  17. Coronel Lalado
    13 de junho de 2015 at 13:27

    Prezado Vassaly D’Amyddiah, prophessor D’Almeida Prado, demaes sonegantes,

    O PIG já sabe, segundo investigações da Lava Jacto, que a lavagem de dinheiro da corrupção petralha, desculpem o pleonasmo, se phaz por milhares de depósitos de pequeno valor. Saiu entrevista no jotaêne, portanto, tornou-se prova judicial incontestável.

    Um auto-senador indicado, com mandato no essetêéphe, phalou o mesmo quando das contribuições dos petralhas a seos, deles, colegas que, dosimetricamente condenados deveriam pagar multas.

    Phoe atribuido, pelo emintente auto-senador, o pagamento das multas a atávica corrupção petralha já que ele, o auto-senador, e homem de bens, nunca daria hum centavo para gente assim desqualiphicada e bolivariana. Restando provado maes hum acto da corrupção petralha deslavada.

    E agora o cousa ruim vem a público dizer que o esquema é espte mesmo!!
    E o juiz moro que não toma nenhuma providência?

  18. Padre Quevedo
    13 de junho de 2015 at 12:43

    Caro Vassaly,

    Pelo jeito sou eu que vou inaugurar os comentários deste seu magnífico artigo, que serve de alerta para ficarmos atentos aos planos diabólicos do nove dedos para continuar na sua luta “brancaleone” para implantar o comunismo atroz neste bananal.

    Bem, dízimos, trízimos e outras contribuições voluntárias são invenções das igrejas “new pentecostais”, em troca de (antigamente eram indulgências) carros um ponto zero, salões de cabeleireiros, salões de manicure, restaurantes de quilo, pés sujos em geral, oficinas de fundo de quintal, borracharias (com ou sem a foto da Luma pelada), etc.

    Então. O que oferecer aos petraglias para convencê-los a doar? Fica a critério dos confrades dar sugestões.

    Mas mudando de assunto, mas nem tanto, o que dizer da “privatização” da Receita Estadual do Paraná, que era “chefiada” por um empresário (esqueci o nome do filho da pátria) parente distante de Beto Reich? Ate o JN deu “destaque” para a notícia, mas se não saiu em Veja é mentira. Estão dizendo que esse empresário mandava e desmandava até no Inspetor da Receita em Londrina, inclusive em Curitiba.

    Na verdade esse nobre brasileiro e bom contribuinte, se é que obrou para isso, só desejava o bem do Paraná. Queria aumentar a arrecadação, até para pagar os salários milionários dos professores, aqueles vagabundos.

    • Carpintaria Pó de Serra
      13 de junho de 2015 at 16:50

      Padre,
      Penso que não vai ser mole convencer a patuléia a fazer o desconto compulsório do dízimo, principalmente se a contra-partida for borracharia, como o Sr bem lembrou ” borracharias (com ou sem a foto da Luma pelada)”. Como é do conhecimento geral depois de um certo episódio confiscatório Juiz versus Sheik Batido, a dita ex- senhora do dito ex-Sheik se nega a pousar NUA para novas fotos -- no máximo de roupa íntima mínima. As roupitas mais sensuais dela o confisco confiscou. Deixo então a pergunta : se o Sr fosse um borracheiro dizimista teria coragem de expor na sua borracharia “acabei de ganhar ,foi Deus quem me deu” fotos dessa Deusa?

      https://scontent-gru.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/11025776_821413137895397_7091531543856917020_n.jpg?oh=69b6689df09a111a5f215ba1e57c0bac&oe=55DC8BCA

      • emerson57
        15 de junho de 2015 at 10:57

        Ele é do time da entregação!!!!:
        https://youtu.be/Kgmg5aW-7_c

        • emerson57
          15 de junho de 2015 at 11:02

          Meu 386 phicou maluco!
          Esse som do entreguista era para sair como resposta ao comentário de emerson57 às 10:54h
          Desculpa ae, carpinteiro, foi mal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.