Venda da Embraer encerrará triste história das fabriquetas nacionais

A Gloriosa Revolução de 16 continua a colocar a nação no rumo certo, dando a esta terra de morenos indolentes a sua função devida, a única que lhe cabe, qual seja a vocação agrícola e mineradora, que em mãos dos homens bons é capaz de produzir grandes dividendos, garantindo aos bons uma segura e tranquila aposentadoria em Miami, para si e para os seus.

Com o forte apoio das Forças Armadas, está sendo aniquilado qualquer iniciativa nativista, que vise a sustentar qualquer pretensão nacionalista ou de soberania pátria, de uma gente que não merece, de uma terra indômita, fadada ao fracasso, cuja a bandeira não merece tremular acima das cabeças dos homens de bem. Os generais sempre alertas, agiram com presteza ao garantir o desmonte da Petrobras, da Eletrobras, além do afundamento do submarino nuclear brasileiro, com a devida prisão do almirante insubordinado que queria fabricar tal belonave para causar incomodo aos navios da IV Frota americana, a entrega da amazônia brasileira, da base de Alcântara, além de permitirem dar de mão beijada o controle do satélite que possibilita as comunicações militares brasileiras, agindo como verdadeiros serventes dos homens de bem, vigiando para que nada atrapalhe a entrega da nação, unidos e coesos aos de bem nesse grande ideal.

Nesse quadro, a venda da fabriqueta aeronáutica Embraer, conta com todo o apoio tácito militar, pois não cabe a este país, no qual um varejão insolente já arrogou para si a invenção dos bólidos aéreos, no afrontar às verdadeiras fábricas de aviões do países bons, como fábrica nenhuma, devendo ser fechada aqui e reaberta nos Estados Unidos, para que a gentalha brasileira não tenha condições de se intrometer no processo de fabricação, visto que são garimpeiros e lavradores natos. Assim como também qualquer fábrica desta nação deve ser fechada, ficando os portos abertos às nações amigas, para que se importe tudo que os homens bons necessitarem, principalmente o Porto de Santos, cujo santo presidente salvador da pátria, sempre cuidou com grande esmero.

Andar de avião não é para a gentalha, se quiserem viajar, que viajem de carro de bois, pois este é o meio de transporte adequado à sua categoria social.

E temos dito.

32 comments for “Venda da Embraer encerrará triste história das fabriquetas nacionais

  1. Pink Panther
    29 de abril de 2018 at 0:36

    • Professor Hariovaldo
      3 de maio de 2018 at 10:05

      Excelente, amada Pantera rosácea. E para que o vídeo apareça de pronto para os confrades, ao colar o link do youtube, troque a letra s do “httpS://” por vê, ficando assim: “httpV://”.

    • Orgasmo de Cavalo
      3 de maio de 2018 at 23:21

      Essa banda de rock eu aprovo! Banda formada por homens bons que só fazem sexo depois do casamento e não votam no comunista Lula! ahahahahahahaha 😉

  2. Orgasmo de Cavalo
    27 de abril de 2018 at 11:55

    Nacionalista de verdade bate continência para a bandeira americana e usa dinheiro do auxílio-moradia pra comer gente. E usa cabelo estilo franjinha pra ficar parecido com o Justin Bieber.

  3. Orgasmo de Cavalo
    27 de abril de 2018 at 1:01

    Cada dia mais sinto orgulho do nobre confrade Hariovaldo. Ele sempre lutou contra o comunismo e contra os bolchevistas que nutrem desprezo pelo grande irmão do norte. E quem não é amigo do tio sam é nosso inimigo! Que absurdo, os comunistas querem garantir nossa soberania, distribuição de renda justa e salários dignos para a ralé fétida. Nada disso, a prioridade sempre será a defesa dos ricos, loiros, fortes e de olhos azuis. E que os pobres de direita digo os pobres com dignidade(OTÁRIOS) continuem submissos à nós homens de bens senão eles que se preparem porque as Forças Armadas irão colocá-los na linha! E tenho dito! Humpf!!!! 😉

    • Professor Hariovaldo
      3 de maio de 2018 at 10:07

      Endosso vossas palavras, com o coração cheio de emoção e gratidão.

  4. 26 de abril de 2018 at 16:05

    Venerável Mestre Hary

    Minha última publicação no Sítio fui em 1/4/2016, dias antes da revolução que nos trouxe a redenção.
    Confesso que estes dois anos de tratamento com Risperidona, Clorpromazina e Neozine me deixaram levemente atrapalhado, mas se não me engano os posts estão muito mais espaçados. Ficam dias. Estou certo o foi a ação de Haldol, Amplictil e Fenergan?

    • emerson57
      30 de abril de 2018 at 18:21

      Muito bem percebido, Caboclinho Querido.
      Acontece que meu tio epstá apaixonado por um tal de Tuite. É Tuite prá cá, Tuite prá lá, u omi só phala disso.
      Não se apoquente, entretanto. Ele me garantiu que no dia que soltarem o Lula ele volta phirme e phorte para phazer propaganda contra o komunism atheo e a phavor da phamília crhistã e, principalmente, para phazer a campanha do…
      ÇERRA45 (2038) vice fegacê…viiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiixe!

    • José Vicente de Magalhães
      1 de maio de 2018 at 19:09

      Caríssimo, também com cada coisa que abunda por aqui qualquer um perde a vontade a vontade de escrever

      • Professor Hariovaldo
        3 de maio de 2018 at 10:02

        É a vida, meus queridos!
        A concorrência está forte, Folha, Estadão e O Globo estão na disputa como arautos dos homens bons, mas seguiremos trilhando nosso caminho em prol da nossa causa.

    • Professor Hariovaldo
      3 de maio de 2018 at 10:12

      Menos Fenergan e mais Fénelon, diria Léfebvre.

  5. emerson57
    25 de abril de 2018 at 10:51

    Neurótico cientista petralha desconhecido fala um monte de besteira.
    Tenta explicar o Brasil para coxas, paneleiros e quejandos.

  6. revenger
    24 de abril de 2018 at 12:56

    Notadamente, nossa vocação é pra exportarmos apenas minérios de ferros, petróleos, sojas, açúcares e etc.

    Nossos aveões, desde o tempo da PanAir, são uma lástima. Voltemos à época dos ciclos da cana, do algodão mas e mais: entraremos numa nova era de exportação de grafeno, nióbio e leite de ornitorrinco macho da amazônia (que já pode ser encontrado no toddynho de nossas creanças de benz).

  7. 24 de abril de 2018 at 10:16

    Mestre
    Na qualidade de revisor oficial do Sítio solicito:
    Na frase “Com o forte apoio das Forças Armadas, está sendo aniquilado qualquer iniciativa nativista”….. a “iniciativa nativista” está sendo “aniquilada” no feminino.
    Muito gractho

  8. Jardel
    23 de abril de 2018 at 19:58

    Pra quê o Brasil precisa de indústria aérea e sistemas de defesa?
    Alias, Donald Trump deveria se candidatar à presidência deste bananal. Com certeza ganharia e aí nem precisaríamos mais estar vendendo nossas empresas a eles.
    Que tal a ideia?

    • Orgasmo de Cavalo
      24 de abril de 2018 at 23:55

      Apoiado nobre confrade! Excelente idéia, afinal o que é bom para os Estados Unidos é bom para o Brasil. E Trump encontraria aqui ecos da supremacia branca, afinal aqui no Bananal também existem pardos que se sentem brancos e são supremacistas. Talvez se ele fosse presidente do Brasil pudesse revogar a Lei Áurea com mais rapidez que Temer e Bolsonazi.

  9. Pink Panther
    23 de abril de 2018 at 17:16

    EU SOU RO-BÔ DO BOL-SO-NA-ROOO!!!!!!

    https://www.facebook.com/updbr/videos/623479308000344/

  10. Orgasmo de Cavalo
    23 de abril de 2018 at 13:41

    Nacionalista de verdade bate continência para a bandeira do grande irmão do norte como faz o Bolsobobo digo Bolsonazi. Bater continência para a bandeira brasileira é em segundo lugar, porque o Brasil pertence aos homens engravatados da América do Norte.

  11. Orgasmo de Cavalo
    22 de abril de 2018 at 20:58

    As nossas estatais devem ser todas entregues ao verdadeiro dono do Brasil que é o amável grande irmão do norte. E ai de quem se levantar contra, os nossos militares entrarão imediatamente em ação e por para correr os comunistas e sua defesa da tal soberania. Já falei, nada aqui é nosso, tudo pertence ao grande irmão do norte. Michel Temer o grão mestre impoluto e chefe admirável dessa nação deveria seguir o conselho de Raul Seixas e alugar de vez esse país para os yankess!

  12. Orgasmo de Cavalo
    22 de abril de 2018 at 20:11

    Nada aqui nos pertence, nada aqui é da ralé, da gentalha fétida e corrompidas por ideais bolchevistas e subversivos. Todas as nossas riquezas minerais, nossas estatais e empresas devem pertencer ao grande irmão do norte para que eles possam ter o direito de terem uma vida digna e também para combater o bolchevismo afinal governos que não privatizam e não deixam as potências estrangeiras virem nos explorar à vontade é coisa de comunista. Finalmente a Embraer está em boas mãos e não mais nas mãos dos comunistas ateus que afrontam a moral e os bons costumes da nossa sociedade cristã e coxinha digo careta digo conservadora! Alvíssaras nobres confrades! 😉

  13. José Vicente de Magalhães
    22 de abril de 2018 at 14:42

    É lamentável, meu caríssimo mestre Hariovaldo e demais confrades, que o maior de todos os presidentes não tenha despachado essa oficina de beira de estrada, a Embraer. Podia o nosso ídolo mor, o Sr. Presidente FHC, ter-se livrado dessa espelunca que só dá prejuízo à nação. Não prejuízo monetário mas um prejuízo maior que é o nosso desgaste ante os bons do norte. Eles não gostam de ser afrontados e nós estávamos fazendo aviões melhores que os deles. Isso é ignominioso, é uma afronta aos nossos amigos boreais.
    Esperemos que o Temer repare essa lacuna que FHC deixou talvez pela insignificância dessa oficininha, a Embraer.

    • Orgasmo de Cavalo
      22 de abril de 2018 at 21:00

      Apoiado nobre confrade José! Nós temos sempre que ser respeitáveis e educados com o grande irmão do norte, afinal manda quem pode e obedece quem tem juízo, certo Professor Hariovaldo? 😉 😉 😉

  14. Fernando
    22 de abril de 2018 at 12:37

    Acho que nunca li tanta merda travestida em palavras bonitas quanto neste texto…
    Claramente você possui uma visão extremamente limitada da situação atual das envolvidas na negociação, Embraer e Boeing, bem como de suas concorrentes diretas, Bombardier e Airbus, respectivamente.
    Também me parece desconhecer, ou ignorar, os fatos que impedem que a Embraer seja completamente comprada pela Boeing, que são os projetos militares da ex-estatal. Também não vi menção à atual condição para que haja qualquer negociação, que é o fato de que a Boeing não poderia fechar as atuais fábricas no Brasil nem demitir os atuais funcionários.
    Posso ter me enganado quanto a alguns pontos, mas é porque seu texto estava muito ruim de digerir, talvez diminuir a dose de excrementos ajude em próximas postagens.
    Para finalizar devo admitir que eu não gosto da ideia de vender a Embraer, por mim inclusive fecharíamos as fábricas nos EUA. Mas infelizmente vivemos em um mundo capitalista. Temos que perceber que se não houver colaboração com a Boeing, muito provavelmente a Embraer perderá o posto de terceira maior fabricante de aviões do mundo e maior fabricante de aviões comerciais de médio alcance.
    Ah sim, a base de Alcântara poderia ter sido melhor aproveitada se tivesse sido bem construída e houvesse real investimento em seu uso por parceiros do Brasil, mas ela não passa de um pátio cimentado, sem nenhuma infraestrutura de apoio, o que a torna totalmente inútil. O submarino nuclear está parado por motivos políticos, e não queremos ser o próximo Iraque, invadido por ianques que jurarão que fabricamos armas nucleares. Também não seria um submarino nuclear que impediria os EUA de nos atacarem, além disso, para defesa, os submarinos a diesel são muito mais úteis que os nucleares. Sério, lembre que em um exercício militar conjunto, 3 subs HUE-BR passaram por baixo de uma esquadra americana, que estava esperando eles passarem, mas só perceberam depois que os BRs emergiram do outro lado.

    • Carvalho
      22 de abril de 2018 at 19:58

      Preclaro Professor Doutor Hariovaldo Prado,

      Nós já vimos por aqui, neste sacrossancto espaço cibernético, muitos pobres de direita que tentam, através de argumentos sem qualquer base de sustentação, denegrir os textos que são pelo Senhor elaborados e lavrados com inspiração totalmente Divina.

      Agora temos aqui um membro da Irmandade Fabriciana que reconhece que a Boeing não seria a grande empresa de bons homens de bens que é, se não fosse pela ajuda de pessoas como ele.

      Será que foi a nossa gloriosa TV das Revoluções (64 / 16) que fez ele perceber isso? Deveríamos controlar o acesso a esses canais de televisão para que as verdades sejam ditas apenas para os iniciados.

      Ele é alguém que morre de medo que o nosso Bananal seja invadido pela valorosa frota dos nossos irmãos do North, aqueles homens alvos e de bens, muitos bens aliás, que jamais nos fariam mal, pois senão, de onde é que eles iriam retirar as commodities minerais e agrícolas, que nós temos aqui de sobra, que são fundamentais para a continuação do desenvolvimento imperialista deles?

      Agro é pop! Agro é tudo!

      Se o Supremo souber que ele anda caluniando os nossos valorosos irmãos blue-eyed do North, será sumariamente, de ofício, extraditado para a república curitibana.

      Vamos todos orar e pedir clemência a São Serapião por esta pobre alma.

      Alvíssaras!!!

    • Professor Hariovaldo
      23 de abril de 2018 at 9:59

      Vossas palavras não são de todo más, embora seja possível sentir alguma mácula das perversas ideias de Carlos Marques, infiltrada no seu discurso. No entanto, quanto as naus submarinas vós estais certo em referência aos submarinos de ciclo diesel-elétrico, haja visto a surra que os submarinos argentinos do tipo deram na marinha inglesa durante as Malvinas, deixando os dois submarinos nucleares britânicos inócuos na contenda. Parabéns pelo acerto.

    • José Vicente de Magalhães
      23 de abril de 2018 at 21:08

      Senhor Fabrício, foi-me facílimo detectar a vossa honorável presença. Aliás há um tempinho não tínhamos a subida honra de receber em nossas hostes, um de vossa condição. Seja bem bem vindo, continue lendo e um dia entenderá

    • Francisco A. Lisboa
      24 de abril de 2018 at 4:28

      … e não queremos ser o próximo Iraque, invadido por ianques que jurarão que fabricamos armas nucleares. Também não seria um submarino nuclear que impediria os EUA de nos atacarem…
      Nem comece meu caro FF (Fabricio Fernando) imagina os Estados Unidos nos atacando, vai que a gente ganhe! Não temos ninguém, ainda, para administrar do Rio Grande ao Alaska apesar dos grandes esforços das famiglias Moro, Barroso e Barbosa. Sem contar, por absoluto impedimento de locomoção (epa!!) do Marin.

    • 24 de abril de 2018 at 9:19

      Oba
      Um Fabrício. E este é dos bons.
      Sr. Fabrício… a sexta palavra de vosso testículo é proibida aqui neste sítio daqueles que viram a luz. O máximo que toleramos é “cocô”, mas o ideal é “detritos fecais”.

    • 24 de abril de 2018 at 12:54

      Entao temos que começar a trabalhar nossos bananais e vender o produto a preço de (banana) ouro para os grandes e brancos irmãos do norte. O Brasil encontra mil desculpas (através de sua população) para não sair do lugar onde esta!

  15. João Brasileiro
    21 de abril de 2018 at 8:15

    Bom dia, Prof. Hariovaldo

    Isso mesmo! Se a gentalha quer andar de avião que faça um de papel!!
    Abraços.
    João Brasileiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.