Fina e gentil dama de nossa sociedade é solidária, esclarecida e progressista

Excelentíssimos e Liberais Senhores da TFP , Opus, Tea P.  & KKK,

Um exemplo para as novas gerações é o comportamento independente, solidário e porque não dizer, nacionalista de uma das mais finas damas da sociedade paulistana e da política, ao não aceitar a provocação de um intrometido marxista britânico e rechaçar suas ilações sobre o comportamento de baderneiros, comunistas e malfeitores que dominavam as terras do bom homem quase branco Nagi Nahas, o benemérito financista e especulador que legitimamente tem a propriedade e os direitos sobre as terras invadidas pela turba vermelha, chamada de Pinheirinho pelos jornais.

O blog sujo e chapa branca, conhecido pela alcunha de  Conexão Brasília Maranhão, trata a boa moça, das boas causas, as vezes até sem calças pela causa bicicletal, como uma morta de fome, uma sem terra qualquer, uma relés do populacho fétido, como se não fosse uma das nossas, neotucana de penas raras.

Esse blog, que recomendo em nenhuma hipótese clicar em cima do nome, em vez de louvar as boas cousas do Maranhão, como as bondosas e altruístas famílias de Ribas Mares, Lobos Grandes, de máquinas de fazer Café, digo Cafeteiras, etc. que tanto fizeram por este estado, de altíssimo IDH alavancado  pela chegada desses ao pudê, cujos políticos do bem troixeram tanto progresso e rentabilidade com negociatas, quero dizer negócios, os quais prosperaram, fica esse blog petralha a deitar calúnias e aleivosias contra boas mulheres do bem, como nossa querida Soninha, a rival, uma injustiçada, que sequer foi chamada a participar dos educativos reality’s shows da excelente e cultural mídia televisiva da Terra de Vera Cruz, a-melhor-TV-do-mundo, como dizem na Venus.

Em certo ponto diz o blog sujo:

A jornalista e ex-vereadora paulistana Soninha Francine disse no seu Twitter (imagem abaixo), na noite desta quinta-feira (26) que os moradores de Pinheirinhos que apareceram em fotos – há cerca de duas semanas – portando escudos e pedaços de madeira para resistir ao iminente despejo que a Polícia Militar promoveria são “criminosos tirando vantagem da situação, não gente comum defendendo sua terra”.

A afirmação foi postada em inglês, em resposta ao consultor inglês Jimmy Greer, que atua com temas de meio ambiente. Greer divulgou a imagem dos moradores de Pinheirinho em “barricada”, que considerou “just unreal”, algo mais ou menos equivalente a “surreal” na gíria brasileira.”

Twitter

Uma mulher de coragem repele o comuna inglês e diz o que pensa

 

Este vídeo prova cabalmente a agressão do fortemente armado e perigoso criminoso, tirando vantagem da situação, contra corajosos e destemidos agentes do bem da polícia do Geraldo, que desarmados e tentando o diálogo, não arredaram pé.

Alvíssaras irmãos em fé,

Sig, Heil!

Sig, Heil, Herr Geraaldo!

Sig, Heil, Herr Imperator Pelusiano!

Sig, Heil Fraulen S. Francine!

 

32 comments for “Fina e gentil dama de nossa sociedade é solidária, esclarecida e progressista

  1. Inquisidor mor
    31 de janeiro de 2012 at 22:42

    Teve ajuda….ela nem fala inglês!!!!!!!

    • Barão Val Talk Nel Rego Roxo
      1 de fevereiro de 2012 at 17:03

      Mas fala a língua do “P” com perfeição indescritível,além de dar biclicletas em muita gente.
      Eis a dúvida:bicicleta,se empurra para trepar,ou se trepa para empurrar?
      saudações torquematas!!!!!!!!!
      Barão Val talk Nel Rego Roxo.

    • Morvan
      5 de fevereiro de 2012 at 23:06

      Boa noite.

      Não seja maldoso, Inquisidor Mor. A menina é formada (e muito bem formada) e sabe falar qualquer língua, inclusive a língua internacional do amor (qualquer dúvida, pergunte a Herr Dom Serrote de Orleans e Pragança).
      Outra coisa: mesmo não sendo um Robinho, ninguém sabe pedalar melhor do que ela (a fonte, de novo, é o amado mestre Nosferatu).

      🙂

      Morvan, Usuário Linux #433640.

  2. P.O. Box 662
    31 de janeiro de 2012 at 21:11

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Azarias
    31 de janeiro de 2012 at 18:38

    A bravata dos machões da Opus-Dei têem de ser louvada, tanto
    faz no pinheirão(ôpa!), quanto no pinheirinho.
    Esta gente que ao passar pela Canção Nova, costuma chamar o Exú,
    esta gente, digo eu, tem de levar porrada.

  4. D. Manuel da Oliveira e Albuquerque
    31 de janeiro de 2012 at 18:04

    Mui generoso Professor Hariovaldo,

    Evoco a flâmula paulista e convoco os varões para o combate:

    “Ei a nobres e venturosos paulistas, guardiões das lidimas tradições. Vos conclamo a lide, ao salvacionismo, para libertar essa terra dos grilhões do comunismo e dos vetustos embaixadores da desordem”.

    Proteja ó Serapião,a gentil donzela, a nossa Marianne, mãe da Revolução dos homens bons, se tirou lhe as vestes e expôs as vergonhas em oblação. Não o fez porque lhe apraz, mas antes com júbilo ofereceu o corpo desnudo como um sopro de liberdade a causa dos homens bons. Impoluta, imaculada e benfazeja é nossa donzela, é nossa irmã de armas, uma patriota de alto estirpe e mui sincera colaboradora de D. José I, o campeão dos homens bons. Que Serapião seja seu guia!

  5. Comendador Phyntias
    30 de janeiro de 2012 at 22:14

    Preclaros confrades e milenário Pharaó do Alto e Baixo Egipto: depois de semanas de verdadeira guerra com a Oi-Velox que tirou a mansão do ar, volto ao sítio para ver a apologia dessa ninfa tão prendada e valorizada por nosso guru, Dom José I, o Barão da Mooca… E isso em dia que até um blogueiro turco-comunista publica afirmativa falsa de que Dom Fernando O Procriador abandonou o barco serrista. Lavou-me a alma -- nobre filho de Amon e de Isis -- o seu texto que redime, ainda que envolto em caros silicones, toda essa maré vazante da tucanada… Alvíssaras em nome de Serapião!!!

  6. Mariana Martins
    30 de janeiro de 2012 at 20:47

    Master High Society

    Vendo essa linda foto dessa dama desnuda lembre-me de uma estrofe:

    “A piriguete não conhece cerimônia: manda o superego ir catar coquinho, ri sem pôr a mão na frente da boca e é feliz sem pedir licença. Cultua o prazer, obedece ao instinto, reverencia o que é gostoso e goza a vida gemendo alto”.

  7. Dr. Leôncio Piracanjuba
    30 de janeiro de 2012 at 18:48

    ARRAIAL COMUNISTA É POSTO AO CHÃO
    Forças da ordem e da Lei amparadas no divino direito de propriedade reduzem a pó a experiência subversiva de uma colônia socialista em pleno estado bandeirante. Tal afronta aos homens bons não teve prosseguimento graças à firme ação da Justiça, que mandou enxotar os atrevidos desafiadores e botar no chão seus barracos e palafitas infames. Vitória!

  8. Pe. Iscariotes
    30 de janeiro de 2012 at 12:08

    Divino Ramsés II , garoto propaganda preferido dos fabricantes de ataduras, demais confrades.
    Muito tem me intrigado o fenômeno da metanóia, onde almas endurecidas que aparentemente, jamais seriam redimidas, sofrem o arrebatamento para a Divina Luz, não deixando a candeia embaixo do alqueire. Esta bela discípula do Farol da Alexandria no sentido psicodélico da palavra e do Almirante do Tietê no sentido “quem ama o feio, bonito lhe parece”, Sonsinha Francine, outrora uma Magdalena, abraça com fé e vontade o cetro serapiônico com a elegância peculiar de uma bem nascida.
    Com a vida laboral garantida para sempre no tucanistão, junto com suas filhas, se mostra uma fervorosa defensora das atitudes corretíssimas do ex-caipira de Pinda, da delicada PM paulista (quase umas moças)e da impoluta grande imprensa.
    Gostaria de terminar minhas ilações, mas a epífora mo impede. Hoje não comparecerei à malhação. Amém.

    • Ramsés II
      30 de janeiro de 2012 at 14:16

      Padre peço indulgências,

      Mas não são só as filhas que estão garantidas no Tucanistão, como dissestes, oh sancto padre, mas a mãe também.
      Afinal a boa ética dos bons homens daquele país iluminado pelo Farol, não admite discriminação nem no bom nepotismo dos homens e mulheres de bens e benz.
      Um leitor e escrevinhador do blog do perigoso Nassif, de codinome Miguelito, fez pesquisa no site do Tucanistão e apresentou-nos o seguinte resultado:

      “1.Nome: Neide Ferreira Gaspar.
      Parentesco com Soninha Francine: mãe.
      Cargo: Assistente Técnico de Gabinete I
      Órgão: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
      Vínculo: cargo em comissão (livre nomeação, sem concurso público)
      Vencimentos mensais: R$ 3.388,00

      2.Nome: Sarah Marmo Azzari.
      Parentesco com Soninha Francine: filha.
      Cargo: Diretor I
      Órgão: Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo
      Vínculo: cargo em comissão (livre nomeação, sem concurso público)
      Vencimentos mensais: R$ 3.061,90

      3. Nome: Rachel Marmo Azzari Domenichelli.
      Parentesco com Soninha Francine: filha.
      Cargo: Assistente Técnico Coordenador
      Órgão: Secretaria do Meio-Ambiente do Estado de São Paulo
      Vínculo: cargo em comissão (livre nomeação, sem concurso público)
      Vencimentos mensais: R$ 5.570,77

      P.S.: Os vencimentos informados são os que constam do Portal Transparência, não sendo improvável que a remuneração efetiva seja “vitaminada” com diárias e afins.”

      Ainda bem que no Tucanistão não existem “criminosos tirando vantagens da situação”, não é, sancto e sumo sacerdote?

      Amém!

      • Madalena da Vila
        30 de janeiro de 2012 at 15:33

        E queriam o que? Que a moça fosse uma ingrata? R$ 12.000,00, aproximadamente não caem do céu para qualquer um, não! Apenas boas filhas da mãe fazem juz a essa modesta bolsa família! Deixem-na defender o pão e o leite das barrigudinhas e da bela que a pariu!!

  9. mineirim di beagá, o bão geral
    30 de janeiro de 2012 at 12:07

    Se a galinha tem asa, por que não consegue voar?

    Na verdade, a galinha voa, mas seus vôos são rasantes e curtos, atingindo cerca de 10 metros. Durante a evolução da espécie, a galinha foi domesticada e perdeu a necessidade de voar para fugir de predadores; ficar no solo era seguro para essa ave. Assim, ela também não tem muito desenvolvidos os ossos pneumáticos, os sacos aéreos e a musculatura peitoral e das asas, que auxiliam nos vôos das aves migratórias, por exemplo.

    • Mare Hollysmoke
      30 de janeiro de 2012 at 19:52

      Mr. Mineirim
      E os équidnas, então, que são mamíferos que pões ovos???

      “São animais representativos de uma linha de transição entre répteis e mamíferos. São compostos de tantos elementos que pertencem a diferentes grupos que lembram e são parentes dos ornitorrincos(*) ou platipus, outro animal monotrema. Eles põem ovos cujo aparência exterior é de couro, como acontece com os répteis. Mas também desenvolvem uma maneira de aleitar seus pequenos, através da pele da barriga, pois não apresentam nenhuma teta. É como se suassem o leite materno que alimenta a cria.” (http://peregrinacultural.wordpress.com/2009/06/11/echidna-um-parente-do-ornitorrinco/)

      Coisdidoido, isn’t?

      (*) Não confundir com o comuna herege e desbocado do blog não higienizado.

    • Vivi
      30 de janeiro de 2012 at 22:40

      Perto dos équidnas, a galinha é pinto!

      “Os gêneros ornitorrinco e lepidossereia, por exemplo, não seriam menos aberrantes se tivessem sido representados cada um por uma dúzia de espécies em lugar de o serem hoje por uma só, duas ou três. Podemos, creio eu, explicar estes fatos apenas considerando os grupos aberrantes como formas vencidas por concorrentes mais felizes, e que são representados hoje por um pequeno número de membros que se conservaram em alguns pontos, devido a condições particularmente favoráveis.”

      Issaí tá em A Origem das espécies
      E o velho Darwin diz também que eles tinham tetas, mas sem mamilos… E com isso não fugimos do tema faraônico!

      E o mineirim continua surtado… e isso pega!

  10. SáeBenevides
    30 de janeiro de 2012 at 11:14

    Femmeiro Filho de Rá,

    transmiti vossas palavras, incluindo a foto da bela dama, ao intrépido Coronel Ferrabrax, atualmente em tratamento de um renitente reumatismo no Spa da 14ªIdade, em São Lourenço.
    Animadíssimo, o indômito Ferra já está oonvocando as mocinhas alegres da região para uma Bicicletada Nua pela Democracia, naquelas plácidas paragens.
    Caso o projeto frutifique, o velho membro (mas operante!) da Guarda Nacional, planeja estender as Bicicletadas Nuas por todo o Brasil.

    Por Serapião !

  11. Morvan
    30 de janeiro de 2012 at 10:39

    Bom dia.

    Sônia Francine, moça de propriedades organolépticas aceitáveis e melífluas, mas de temperamento dignamente irascível, respondeu à altura ao intrometido anglófono. E olha que ela nem precisou de outras armas, como tirar a calci., digo, sacar de sua mais mordaz e letal arma: a sensualidade. Não aquela pseudo-sensualidade das tribufus da gentalha, mas a malícia, a volúpia e a sinuosidade sibilante dignas de alguém da mais elevada estirpe, que fizeram (dizem as boas línguas) Herr SSerra esquecer, por instantes, os votos castiçais da ordem TFPista.
    É isso, companheiros da ordem. Esta mulher é firme e valorosa. Esteve infiltrada dentro da ordem dos vermelhuscos só para ver como a coisa funciona. Um verdadeiro cavalo (ou egua, no caso) de Troia.

    Parabéns, Frau Soninha.
    Por tudo que você já deu (no sentido puro da palavra) e dará ainda à nossa causa.

    🙂

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    • SáeBenevides
      30 de janeiro de 2012 at 11:02

      Com efeito! Apoio-vos ipsis litteris !

      • Morvan
        30 de janeiro de 2012 at 16:08

        Boa tarde.

        Obrigado pelo apoio, amigo. Anauê.

        🙂

        Morvan, Usuário Linux #433640.

    • mineirim di beagá, o bão geral
      30 de janeiro de 2012 at 17:26

      Tendi nada. Nem com o tradutor do google.

      • Pe. Iscariotes
        30 de janeiro de 2012 at 17:51

        Istimadu Mineirim, ocê usou a ferramenta errada para tradução do elegante texto do sr. Morvan. Basta trocar as palavras difíceis por “trem”, fica tudo mais fácil.
        Exemplo :
        “moça de propriedades organolépticas aceitáveis e melífluas, mas de temperamento dignamente irascível, respondeu à altura ao intrometido anglófono”….

        Ficaria assim :

        ..moça com um “trem” aceitável e bota “trem” nisto, mas de temperamento que é o “trem”, respondeu à altura ao “trem” do ingles intrometido…

      • mineirim di beagá, o bão geral
        30 de janeiro de 2012 at 19:01

        Bença sô Padre. Agora sim, tá veno, no mineirês é facim. Muito brigado. Hoje eu rezo pelo senhor.

      • Morvan
        30 de janeiro de 2012 at 20:23

        Boa noite.

        Caro mineirim di beagá, o Google é ferramenta para a ralé, para o canelau, não para nós, a nobreza, que dispõe de interlocutórios coletivos, à moda de saraus, donde se extrai a mais fina flor do fascismo destas terras trigueiras. Mas a explicação do Pe. Iscariotes nos cai bem, pois é um modo genérico e feicaz de falar e ser (ou fingirem que o é) compreendido. O Ciro Gomes, outro infiltrado (amissísimo do Herr Tasso Jatinho), utiliza-se demais deste expediente, pois, sem lançar mão de tal artifício, ele fatalmente não lograria os suspiros das Pilares e das Patrícias.
        Ademais, tem palavra (para um mineiro, Biên Sur) mais “bombril” do trem? Esta sim, tem mil e uma utilidades.

        Saudações TFPistas,

        Morvan, Usuário Linux #433640.

      • Vivi
        30 de janeiro de 2012 at 22:54

        Seu Morvan,

        Esse negócio de canelau é coisa de cearense.
        Fazia tempo que não (ou)via…

  12. 30 de janeiro de 2012 at 10:06

    Oh Ramsés,
    Sempre que faço referencia as feministas ¨muderninhas¨ me refiro as Maitês selvagens da vida e logicamente a essa desavergonhada da Sonsinha.

    Olha a que ponto chega essas mulheres ditas libertárias!
    -Maitê nunca se casou de papel passado, oficializado, para viver do estado. Isso que é grande exemplo de fêmea!
    -Já Sonsinha pousou nua, segundo ela, não pelo dinheiro e sim para mostrar algo a alguém.
    Se nos feministas firmes de convicção
    Treinadas desde os 8 anos de idade para a verdadeira liberdade
    Sabemos que o maior mérito das nossas antepassadas foi a intelectualidade sensível e melhorada com a idade.
    Como é possível uma mulher se prestar a esse papel e ainda se dizer livre?

    Sim, inteligencia usada de maneira suave, e as vezes duras para alguns é a marca das nossas antepassadas e como uma mulher se diz livre se pousa nua só para dizer algum homem:
    -Ainda estou presa a você!

    • Pe. Iscariotes
      30 de janeiro de 2012 at 12:16

      Perdoe a intromissão, anti-libertária e anti-libertinagem DNA ANA. Apesar dos pontos em comum , creio que Sonia e Maitê tenham comportamentos distintos. Em Portugal, a queridinha dos lusitanos, mostrou a vivo e a cores, que bebe na fonte, mas não engole. Acho que a ciclista desnuda não tem estas “frescuras”.

    • Ramsés II
      30 de janeiro de 2012 at 15:02


      BRUTALIDADE: Perigoso pobre tentou usar cachorro indefeso como refém, mas a polícia salvou o cachorro e expulsou o bandido.


      O PPS é um partido decente tanto que só ganho uns 15mil no conselho de umas estatais do Tucanistão Paulista (eu sou um baita executivo, como presidente, transformei o maior PCbão da América do Sul numa sub-legenda de apoios).

      • emerson57
        30 de janeiro de 2012 at 21:40

        tá certo,
        desfile de seios,
        bicicletas e afins.
        agora,
        ter que olhar para a cara desse freire….é de último,
        passei mal.
        me deu cagueta.

  13. Sílvio Caldas
    30 de janeiro de 2012 at 9:55

    Confrade Pharaoh
    Os seios da Angelina Jolie estão caidaços, não acha? Prefiro a Soninha.

    • Ary
      30 de janeiro de 2012 at 14:34

      Por que você acha que a Soninha está cobrindo a teta com a mão?

      • Sílvio Caldas
        30 de janeiro de 2012 at 15:15

        Não concordo Sr. Ary.
        Olha ai a Soninha quando tinha 42 aninhos…com tudo em cima:

  14. Francisco A. Lisboa
    30 de janeiro de 2012 at 9:16

    Mestre,
    senti tanta peninha dela, quando lá pelas tantas tuita, “fico assim sem voce…”. Só o mais afamado almirante, a glória do Pirajussara, o intrépido comandante de todas as águas de pirathyninga para dar conta de tanta saudade. Da próxima que fores para o Canadá Comodoro Almirante Cerra, leve-a junto senão (pobre de nós) ela tira a roupa…de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.