Grande Farol de Alexandria brilha de novo em Nova York

Fhgácê carrega rebento no colo: “Este ninguém tasca. É meu!”

Ao contrário de Átila, o huno, que por onde passava nunca mais a erva crescia, com Fhgácê dá-se o oposto: por onde ele passa a erva abunda e uma flor rompe o asfalto quando bate a larica. Se Pastinha já foi à África mostrar capoeira do sertão, Fhgácê foi de novo pra Nova Iorque mostrar o que mais pode sertão do North e menos do brasileiro. Culto e ditando cátedra em filologia, Fhgácê foi aplaudido de pé quando afirmou que “a culpa pela crise que afunda o Bananal de hoje é dos bolcheviques de ontem, que reproduziram o grito de D.Pedro extirpando da palavra uma inofensiva aférese, o “In”, que carregamos conosco desde sempre por força do nosso inconsciente coletivo ianque. De maneira que o verdadeiro grito – bradou Fhgácê- foi Dependência ou Morte, como tão bem expliquei no meu livro lido por dezenas de
pessoas espalhadas desde Higienópolis ate os confins dos Jardins”.

Fhgácê promete reativar comércio de cachorro quente e inserir o produto na globalização

Acompanhado de um cansado João Adora Ojunior, Fhgácê encantou os investidores quando afirmou que queria ouvir de novo a voz rouca das ruas gritar em uníssono “Dependência ou Morte”. Conhecido também – somente entre os amigos mais íntimos pela alcunha de Cicciolina – Fhgácê Ford com tudo desde os tempos da Fundação Ford, que o financiou para escrever livros e dizer abobrin, digo, fomentar plantação de abobrinhas numa plausível reforma agrária que ficou por fazer. Só não fez, porque esteve muito atarefado em viajar toda hora para Nova Iorque ou acompanhar concursos de bebes e cães de madame – onde pulguentos não entram nem pela porta da cozinha – promovidos por João Adora Ojunior, que quando está descansado também arruma tempo pra, junto com Fhgácê, trair o povo, digo, atrair investidores, principalmente fabricantes de carrinhos de cachorro quente que confortam e enchem barrigas de trabalhadores desempregados acometidos por câimbras nas filas intermináveis à cata de um emprego de gari, que, alvíssaras, abundou durante todo o reinado azevedo, digo doce, de Fhgáce. “Aqueles tempos de comilança voltarão”, gritou um Fhgácê inflamado com dores nos apêndices duros e recurvados da sua cabeça, finalizando assim seu incomparável discurso, que deixou atônitos e boquiabertos comensais prontos pra nos comer com uma maçã na boca (na nossa) e metendo tempero no nosso decúbito dorsal.

38 comments for “Grande Farol de Alexandria brilha de novo em Nova York

  1. 20 de maio de 2015 at 18:02

    O Grande Farol brilhou com exuberante maestria em cadeia nacional de rede e televisão, ontem à noite. Que visão relaxante e audição reconfortante -- nobres e sábias palavras entoadas docemente por seus lábios de mel.

  2. Hilário Phabrício Cochigna
    20 de maio de 2015 at 9:49

    Era o melhor “xis” de Porto.
    Aproveito a oportunidade para denunciar a petralhada do TCE do RS que discorda do Grande Satori nos números (http://www.rsnorte.com.br/tce-e-piratini-divergem-sobre-gastos-com-pessoal/). O que este comunas querem?? O pobre Gringo que faz (nada!) está obrigado a cortar os gastos e parcelar o salario faraônico dos marajás do sul!

  3. 19 de maio de 2015 at 20:50

    Boa noite.
    Carissimi hariovaldici templare:

    Chamem, presto, o Rotiel Ad Otogse! Nem vem ni mim, pois deu Fachin! Dilma Vez, a Mônica do Planalto, conseguiu emplacar o sabatinado, dominicado e jeunificado Fachin. Stercorarius RollaBustus deve estar espumando e virando a cabeça, 359°, ele e o Rotiel, sincronizados ou não. Leitor da impronunciável, traga-nos más, digo, mais notícias doladodelá, por favor.

    Apesar do Rendran, amanhã há de ser, outro dia… lá lá iá, lá lá iá,…“.

    Saudações “✿ ❀ ❁ Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A PetroBrás; o MPF (Ministério da Política dos Fuleiragens), é o braço judicial da Casa Grande“,
    Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

    • hamilton damato
      19 de maio de 2015 at 21:06

      Não deu tempo de o primeiro ministro chinês assistir ao Jornal Nacional. Desavisado, coitado, ele assinou acordos que injetam mais de 50 bilhões de dólares nas áreas de energia, mineração e infraestrutura do bananal. Ainda bem que tem bobo pra tudo.

    • Coronel Lalado
      20 de maio de 2015 at 8:36

      Huma vergonha sr Morvan usuário

      Maes hum que considera a constituição acima da minha interpretação livre da bíblia. Maes hum que não considera pecado o uso não cristão do anus!! Ver gonha!!

  4. revenger
    19 de maio de 2015 at 17:26

    Doutor! Deus criou a natureza
    e todas belezas dessa vida
    O FHSBC quer sabe por que é que essa erva é proibida…

  5. Ramsés II
    19 de maio de 2015 at 16:20

    Sempre Alerta!

    Enquanto o grande filho da pátria e luminar do Paneleiros Só De Bens brilhava em terras do bom North, prestando contas aos patroezinhos, informando-os dos terríveis males do usurpado governo bolivariano bolchevique instalado no planalto central, e conclamando-os patrioticamente a jamais investirem nesse antro de corruptos chamado Brazil, uma trama diabólica se abateu sobre um lider de reputação ilibada ( http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/181464/L%C3%ADder-do-Vem-Pra-Rua-mata-trabalho-e-vai-pra-rua.htm ) pois Lúcifer em pessoa, insuflado por petistas e no controle da rede neural dilmollulista, preparou adredemente uma foto-prova desse lider, também lider da juventude honesta do Paneleiros Só De Bens, em flagrante de corrupção, batendo o ponto e se mandando do trabalho, prova evidentemente falsa já que o rapaz-de-bens não se recorda da situação, prova cabal da trama diabólica.

    A falsa foto preparada pelo Couza Ruim para incriminar injustamente o nobre varão do Vem Pra Rua Com Le Creuset

    Alvissaras e salve-nos São Serapião das forças do mal bolivarianas!

    • hamilton damato
      19 de maio de 2015 at 21:09

      O mal desse cara foi ter tomado muito Biotônico Fontoura quando era criança….

  6. Coronel Lalado
    19 de maio de 2015 at 14:00

    Prezado D’Amato, ungido prophessor D’Almeida Prado, demaes indignadoscotramaesmédicoseutenhoplanodesaúde,

    Sim linda photographia, tomada quando estavam em huma quermesse nozeua para conseguir phundos de campanha. Gente pura é ouptra coisa, deviam mandar para o doutomoro para lembrá-lo dos epthicos que vão remir o Brazil quando ele de acabar com aquela raça dos capetas vermelhos.

  7. 19 de maio de 2015 at 10:05

    Mestre.

    Gostaria de dominar a tecnologia para colocar uma reprodução de um quadro do museu de Moscou, onde vemos Ivan o Terrível (Aébrio) e sua mãe, Elena Glinskaya (Fegacê), que sempre o protegeu das intrigas dos petistas russos.

    • Sílvio Caldas
      19 de maio de 2015 at 10:20

      Esse do Ivan eu não conheço, mas tem a Madonna di Vladimir
      O Menino Jesus é a cara do Presidente Aécio.

    • Professor Hariovaldo
      19 de maio de 2015 at 18:58

      Procuramos o referido quadro na internet e não o achamos. Mas por outro lado temos boas notícias: Elena Glinskaya está no Linkedin:

      Elena Glinskaya
      Marketing Manager в Samsonite
      Moscou, Federação Russa
      Bens de consumo
      Atual
      Samsonite
      Anteriores
      ULYSSE NARDIN, Swatch Group, Maratex CSJC, Fashion retail company
      Formação acadêmica
      Московский Государственный Университет им. М.В. Ломоносова (МГУ)

      • 19 de maio de 2015 at 19:35

        Mestre

        A sósia de Fegace ê a de 1530, bem mais afeiçoada e brejeira que a talzinha que o senhor achou nas internet

        • Coronel Lalado
          20 de maio de 2015 at 8:27

          Na realidade a de 1530 é o próprio efêágácê em huma de suas, dele, vidas pregressas. Já phoe mulher eu sei…

  8. Pessoal da Antiga
    19 de maio de 2015 at 10:00

    Nossa…Zé do Passaporte na Redenção….Só o pessoal da “Antiga” conheceu!

  9. emerson57
    19 de maio de 2015 at 9:36

    Saiu!!!
    O primeiro cartaz de campanha do Almirante ÇERRA45 para 2038!!!
    O fac-simile epstah aki:

    e.t. não incluiu a photo do vice Cornomór, que pela insignificância deverá aparecer, sem destaque, apenas no phuturo.

  10. emerson57
    19 de maio de 2015 at 9:21

    Seu Hamilto,
    Belas palavras contra o comunismo atheu e defensoras da famiglia cristhiana.
    Teve só uma coisa que me encaphiphou:
    “metendo tempero no -nosso?- decúbito dorsal.”
    Esse decujus dorsal quando se diz “nosso” é o da dupla nossa vencedora em 2038:
    ÇERRA45 vice fegacê…..viiiiiixe!,
    comphere?

  11. Prof. Julio Caezar Phreguezzia
    19 de maio de 2015 at 7:02

    Caríssimo Comandante!
    Escrevestes tudo o que eu gostaria de escrever mas não o phaço por que o Mestre Hariovaldo não paga, o unhadephome!
    E pensar que o dito cujo phoe aluno de Florestan Fernandes! Phelizmente, pediu que esquecêssemos tudo o que ele obrou nos últimos cincoenta annos. Phoe a melhor cousa que fhêz.

    • hamilton damato
      19 de maio de 2015 at 7:12

      Caro prof. Phreguezzia. O unhadephome não paga, tô sabendo. Mas me disseram que ele dá prêmio quando a gente chega nos 1000…..

      • Vivi
        19 de maio de 2015 at 12:42

        anos de vida?

        • Professor Hariovaldo
          19 de maio de 2015 at 19:03

          Parafraseando Delumeau, aos mil chegarás, dos dois mil não passarás!

  12. Jimmy Cricket™
    19 de maio de 2015 at 0:26

    ♫ A erva deve abundar lá para as afrodescendentes dele, porque aqui não vi nenhuma. Agora, eu daria tudo – menos a busanfa! – para ver o birbante gritando inflamado com a tora do João enfiada no decúbito…

    • hamilton damato
      19 de maio de 2015 at 7:10

      Caro Cricket. Combinaria mais com seu nome se fosse um croquete. Mas isto jamais acontecerá, porque João, segundo o Evangelho, versículo sétimo, para a bola 51, a exemplo de Ezequiel, também viu a roda. Inflamar…..

  13. 18 de maio de 2015 at 22:31

    Boa noite.
    Carissimi hariovaldici templare:

    Fernandinho Amore (del autro), o Galhado, digo, Galhardo, o I, já que o segundo se repete como farsa, Fernandinho DiB II, o cromático, “Não Me Deixe Só“, tem muita sorte. Explico. O processo queratinoso a que ele se submeteu é displásico, e não neoplásico! Vai pesar, mas é culto, então, tira de letra (esta foi ‘pôdi‘, como se diz aqui na terra da gaiatice desembestada).
    Aproveitar o gracejo, digo, ensejo, para enaltecer o trabalho destes dois mancebos, o ‘”Hamirto” Danado’ e ‘seo’ D’amiddyah, os quais vêm fazendo um belo trabalho editorial e articulista. O Blogue do Hari só tem a ganhar. Primeiro, dizer que a primazia da observação não é minha, mas isto não embota a verdade destes dois grandes editorialistas; depois, dizer, o que já vem acontecendo, do meu paulatino afastamento (editorialmente, é claro, e por um tempo) deste honorável convívio. Dores do crescimento. Assumi desafios lá no batente que me tiram a possibilidade de postar, pelo menos no ritmo que o faria, se pudesse. Estou na Equipe de Governança de TIC do Estado e isto tem me tomado todo o tempo. Não deixo de dar uma piscadela, sempre que possível, mas com certeza vou diminuir ainda mais o ritmo. Assim que tiver material no Blogue do Morvanzinho, replico aqui.
    E não esqueçam: somos uma grande família virtual de sonhos reais e plausíveis. E quem se meter conosco, Silas.

    Saudações “✿ ❀ ❁ Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A PetroBrás; o MPF (Ministério da Política dos Fuleiragens), é o braço judicial da Casa Grande“,
    Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

    • hamilton damato
      19 de maio de 2015 at 7:07

      Bom dia Morvan. Vejo que você está produzindo em ritmo alucinante, assim como o farol que acaba de lançar nova obra acadêmica “A Soma e o Resto”.
      A Soma, com certeza, vai ficar pra ele. Já o Resto que se Ford. Ele está também traduzindo o livro pro francês: Le addition et Fochyourself……

  14. Leitor da Veja
    18 de maio de 2015 at 22:08

    Rotiel convoca Uncle King para uma nobre missão: salvar o Beto!

    Do blog do dito cujo (18/05/2015 às 7:51)

    Rotiel Ad Ajev (18/5/2015 às 1:52 pm):

    “Pegaram um criminoso, réu confesso, preso por abuso de menores, para me acusar sem nenhuma prova. Coisa de bandido.”
    .
    Caro Rei,
    .
    O desabafo acima é de autoria do Doutor Beto Richa, governador do Paraná, e que está precisando do nosso apoio pois o seu mandato está em perigo!
    .
    A PT Press está sitiando Beto Richa. Conseguiu fazer prevalecer a sua versão dos lamentáveis episódios ocorridos no Paraná.
    .
    Pressionado, Richa acabou cometendo um equívoco ao entregar a cabeça do ilustre Secretário de Sergurança, Doutor Fernando Francischini. Isso só serviu para alimentar o apetite voraz da PT Press que agora exige a cabeça do próprio governador.
    .
    Juristas de aluguel já foram contatados para participar da patuscada confirme diria Fernando Collor.
    .
    Das lideranças nacionais do PSDB nós não ouvimos sequer uma palavra de apoio. Desertaram todos!
    .
    Um post seu nesse momento em defesa de Richa, com a sua reconhecida credibilidade e audiência, é a nossa última esperança.
    Só você pode salvar o mandato do Beto, caro Rei!

    • José Vicente de Magalhães
      19 de maio de 2015 at 6:49

      Ahhh assim está bem. O Rotiel não pode tirar férias quando quer, ele é o porta voz dos desesperados contratudoissoqueestáaí. Vamos trabalhar bichim porque queremos o impitiman antes do verão. Não suporto este Sol petista que ilumina ricos e pobres da mesma forma

    • Laninha Marinho Scarpa - Senhora Marinho Scarpa
      19 de maio de 2015 at 14:02

      LeiV, só por curiosidade, voce chega em casa, senta com calma, faz um café, e demora quanto tempo para bolar este primor da literatura contemporânea? Já pensou em escrever um livro só com suas inserções no blog do rey.

      • Vivi
        19 de maio de 2015 at 22:04

        Se Roti quiser escrevo as orelhas…

    • Padre Quevedo
      19 de maio de 2015 at 16:25

      Caro Rotiel. Sou seu fã.

      Mas pode esperar sentado por um post do tiozinho apoiando Beto Reich. Ora, se até Veja já por algumas vezes vem fazendo críticas ao alcaide. No site já colocaram aquela loira de farmácia, quer dizer loira de fama, para desancar o Betinho. E depois colocaram uns “cabrões” com violão e pandeiro, cantando uma paródia para homenageá-lo.

      Primeiro foi aquela “barrigada” quando, não acreditando no que acusavam óstenes, foi o primeiro a defendê-lo no seu bloguinho. Depois deu o que deu.

      Ele se diz independente da opinião da revista que o abriga, mas sabe como é: Independência até certo ponto. “Quem sabe me convidam para escrever algum artigo lá, coisa que não faço a anos”.

      Saudações

  15. 18 de maio de 2015 at 21:57

    Iluminado D’amato mai tanto la vita. E Lucevan Le Stelle, ofuscadas pela 7ª maravilha do mundo antigo, hoje, um defensor ervético que paternalmente adota um neto, o qual conduz em sua brilhante carreira.

    A luz fegaciana esparge na cidade that never sleeps, tal qual o resultado de sua luminosa administração, não às custas da queima de querosene, como no passado, à la barbier, mas da queima de patrimônios de pouca importância para os colonizados abaixo do Rio Grande. Com certeza, em seu discurso onde a soberba não encontra terreno, FHC queimou muito mais que papéis.

    Em verdade, em verdade vos digo : nosso último flor da lascívia, digo do láscio, autêntico representante do bananal, sempre curvado à frente de representantes do north como deve ser, é hoje, um grande reciclador de fontes energéticas. Não, não falo da petrobrax, este estorvo para o povo de bens do Brazil Enterpresis, mas da verdadeira fonte iluminativa de FHC, o fogo fátuo, adquirido graças ao seu talento para nada fazer contra a mortalidade infantil, a fome e a pobreza dos que não tem mérito.

    Nosso Fernandinho com suas bonitas camisas, carrega além das protuberâncias frontais, este boitatá de suas políticas sociais do passado, com o orgulho dos homens justos e o brilhantismo deste fogo que não queima e não tem memória. Amém.

    • hamilton damato
      19 de maio de 2015 at 7:25

      Bença padre.
      Você é muito duro no tratamento que dá ao farol. Não se esqueça, com ele cresceu muito o consumo de galinhas e cachorro quente, e quanto a este último não me refiro aos concursos promovidos por João Adora Ojunior….

  16. 18 de maio de 2015 at 21:56

    Adeptos do. Beato Fegace,

    Manos, nunca vi nada tão puro e singelo como esse genérico de Santo Antônio com o menino do Rio no colo. Vocês podem blasfemar a vontade, mas nada tirará o brilho dessa homenagem dos homens Goods do norte a este santo protetor dos coxinhas e idosas de Higienopolis.

  17. Davi Garista
    18 de maio de 2015 at 21:48

    A criança nos braços do amore é dele mesmo? Isto é, a filho é legítimo? O Çerra (2038 -- o retorno) tem algo a ver?

  18. CaiPiraPor
    18 de maio de 2015 at 20:55

    Óia, seo Amirto: inté qui gostei dimais da conta de tudico qui o senhor esvrevinhou,mai num intendi o qui o tar de fernando foi fazê no faror co alexdrande ia. Poi se o alexandre qui ia no faror o tar de fernando num tinha nada qui fazê lá, num acha? Eta povo cumpricado… rasquei lasca sô….

  19. José Vicente de Magalhães
    18 de maio de 2015 at 19:56

    Grande iconófilo antoniano e embaixador ipiranguense Mestre D’Amatto: Absolutamente irrepreensível o seu texto de loas e louvores à trinca de homens de senso superior Farol, Dórico, o júnior e sempre se subentende que o “tranquedo” esteja por perto.
    Mas esse ícone ortodoxo eu já guardei, vou aumentá-lo e levará-lo à minha mãe de santo para benzer, ou … sei lá….
    É realmente uma obra de arte que os meus aqui adoraram, embora sejam comunistas e petistas.
    Reparei no olhar definido superior do Santo Farol, olhando para o Alto com a expressão de quem diz para Deus “como nós somos grandes”; e a esperteza irrequieta da crionça fazendo-nos perceber desde então que seria um minino levado, que chegaria a Almirante Brigadeiro do Leblon e de Cláudio . Só falta o pão dos pobres, mas pobre que se expluda porque nós os neo liberais odiamos francamente a pobaiada.
    Enfim, que sou chamado à cozinha, que S. Serapião se apiede dessas almas sofredoras do lulopetismo amen

  20. Vivi
    18 de maio de 2015 at 19:42

    Há mil tons no ar!
    Uma hagiographia impecável (não resispti). Da assumpção do rebento carreirispta cheiroso, o ato a criação o seu momento, até o revival do a-cor-do-caracu.
    é apenas um prefixo, mas esse “in” é tudo! Dependence or death!
    And now it goes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.