Passaremos a reproduzir os editoriais do Estadão

Passaremos agora a reproduzir os editoriais dos Estadão, visto que não temos a sagacidade cômica para competir à altura com a direção do diário paulista, afinal trata-se do jornal mais vendido do país.




O custo da governança

Michel Temer tem sido mais eficiente que seus antecessores petistas porque governa com o Congresso, e não comprando o Congresso

 

23 comments for “Passaremos a reproduzir os editoriais do Estadão

  1. Dr. Aratinga Weddelii
    3 de novembro de 2017 at 21:45

    A mectodologya scientyphica do Dr. Carlos Pereira deve se qüestionada.
    O Dataprado phacilmente chegaria a indyces maes correctos. N’um cálculo ligeiro, de cabeça o ICG eh aproximadamente:
    Mishaewl: 0,18%
    Dilma: 97,85 %
    Lulla: 101,89%
    No maes, o edictorial eh excelente. Jornalismo verdade de facto.

  2. revenger
    3 de novembro de 2017 at 16:02

    O Estadão defendendo o Estado mínimo. Como? E como vou recolher o material orgânico gerado por Demon, nosso Husky Siberiano. Ops! Não tem nada a ver com russos…

  3. Torquemada Democrático
    3 de novembro de 2017 at 5:26

    Apoio totalmente! Deveriam reproduzir também as publicações das redes sociais do Alexandre Frota, do Lobão e do Danilo Gentili!
    Valorosos pensadores da nossa sociedade!

  4. Pe. Iscariotes
    2 de novembro de 2017 at 21:14

    https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/324758/A-maioria-dos-gays-vota-em-mim-diz-Bolsonaro.htm

    Com a permissão do nobre Barão de Munchausen, venho dar minha humilde contribuição sobre o pleito, comprovando o total apoio ao grande mestre de economia, segurança, transportes e porque não, de médico, pois todos tem um pouco: Capetão Bostaonaro.

    Aqui a lista atualizadas desta verdade incontestável.

    Alegrete – RS : População 78.984 bolsonarenses natos, mesmo que muitos ainda não o saibam. A progessista cidade gaúcha, que tem como grande atração, o Festival do Sabor do Alegrete de 3 a 4 de novembro, onde se destaca a Linguiça artesanal., hortifruti e artesanato.

    Alegre – ES : Entre suas atrações turísticas está a Cachoeira da Abundância, Cachoeira Alegre e Cachoeira do Roncador, além do famoso Túnel dos Ingleses de Cima, onde os bolsonaristas também não ficam por baixo sem dar suspiros ao seu grande candidato.

    Monte Alegre do Sul – SP : Estância Balneária, onde em 1948, o distrito foi elevado à categoria de município, desmembrado de Amparo. Sem ressentimentos, apoiam seu candidato, bem como suas medidas cirúrgicas contra o esquerdismo vigente.

  5. Pedro Malazarte
    2 de novembro de 2017 at 17:59

    Dizer o que? É o jornal dos homens de bens e benz da nação, sempre empenhado em defender com unhas e dentes a colaboração do Brasil com o grande irmão do norte, defendendo a privatização e expondo as mazelas do comunismo-satânico-ateu. Um brinde á família Mesquita que em 1964 apoiou o golpe digo a Revolução Redentora que SALVOU o Brasil do monstro-bolchevique Jango. Mesmo que depois essa mesma família tenha se voltado contra a ditadura digo contra o governo revolucionário, temos que respeitá-los. Mas se voltaram contra os milicos porque a ditadura digo o governo revolucionário já tinha passado dos limites e estavam torturando e matando pessoas características do nazismo, uma doutrina de esquerda segunda a intelectual Raquel Xerecazeda.

  6. Leitor da Veja
    2 de novembro de 2017 at 9:38

    Uma excelente notícia…

    Nós não precisaremos mais mandar nossos pimpolhos para estudar nos Estados Unidos com custos em dólares!

    Agora nós poderemos mandá-los para Belo Horizonte e pagar uma pechincha: Apenas seis mil reais por mês…

    O sonho de estudar em uma faculdade dos Estados Unidos está mais perto dos mineiros. A partir de fevereiro de 2018, a Broward College, instituição norte-americana presente em 13 países, com quase 70 mil alunos, oferecerá em Belo Horizonte cursos superiores com aulas 100% ministradas em inglês e metodologia de ensino daquele país.

    Com mensalidades estimadas em R$ 6.000, a universidade espera se destacar no mercado de ensino superior com a proposta de imergir o estudante brasileiro na cultura e no modelo de educação norte-americanos.

    O coordenador internacional da Broward College, Pedro Oliveira, explica que, diferentemente das instituições aqui presentes, as aulas serão 100% ministradas em inglês, com um modelo de currículo dos Estados Unidos. “É importante que se entenda que não somos uma instituição brasileira que está filiada a uma norte-americana. Teremos um campus em Belo Horizonte onde os alunos serão registrados na Flórida. Ou seja, ele irá usufruir do sistema norte-americano, estando aqui no Brasil”.

    Segundo o coordenador, a instituição chega com a proposta de seguir à risca o modelo educacional norte-americano.

    Alvíssaras!

    Read more:
    https://jornalggn.com.br/noticia/fora-de-pauta-1506
    (Comentário de Wallace Graciano)

    • revenger
      3 de novembro de 2017 at 15:56

      O bom, é que mineiro tem aquele sotaque (accent) que dá mais credibilidade ao inglês macarrônico.

  7. Ramsés
    1 de novembro de 2017 at 20:54

    O “cientista”, o einstein político do Estadão, a gazeta que prega o Estadinho, prova também que o desemprego nunca esteve tão baixo, que o p9vo nunca esteve tão satisfeito com o governo, etc. Está certo!

    • Ramsés
      2 de novembro de 2017 at 12:10

      E por falar na necessidade de um estado mínimo, tão bem apregoado pelo isento Estadão, o único hebdomanário que utilizando exclusivamente método cientíphico provou a probidade de nosso MyShell das Emendas, não seria de bom alvitre que a exma. famíglia Mexquita abandonasse a menção à couza estatal no nome de sua própria Gazeta e o alterasse para Mercadão?
      Assim o esclarecido eleitorado bandeirante, de quatrocentão, phicaria com suas duas grandes gazetas, a Phalha e o Mercadão.

    • Pedro Malazarte
      2 de novembro de 2017 at 18:02

      O Estadão que defende o Estadinho e o entreguismo das nossas riquezas minerais para quem de fato e de direito pertencem que é o grande irmão do norte. O Jornal da família tradicional brasileira, assim como o JN da emissora da revolução. Sempre combatendo a ralé fétida e defendendo a submissão do nosso Brasilsão às grandes potências estrangeiras. Porque país soberano e nacionalista é coisa de comunista.

  8. Rever O. Freven
    1 de novembro de 2017 at 18:19

    Professor Almeida !!!
    Até o senhor !!!
    Imitando o mais novo membro do supremo, aquele que usou em suas teses de
    doutorado o estilo “copie e cole” .

  9. Barão de Munchausen
    1 de novembro de 2017 at 17:51

    Essas pesquisas que apontam uma aprovação de apenas 3% para o Doutor Michel Lulia são absolutamente falsas. O Brasil profundo está feliz e apoiando o “Fica Temer”, movimento político suprapartidário que busca convencer o nosso atual e amado Presidente a aceitar uma nova candidatura presidencial em 2018.

    A propósito, as notícias continuam alvissareiras.

    Laranjal Paulista apoia o “FICA TEMER”!

    Laranjal Paulista é uma próspera cidade localizada na mesorregião de Itapetininga, com 27.127 habitantes, próxima à cidade de Jumirim.

    Pois bem, meus caros amigos, pesquisas realizadas pelo CMAPP -- Centro Munchausen de Análises e Pesquisas Políticas, apontam que mais de 80% dos laranjalenses paulistas apoiam o movimento “FICA TEMER”.

    2018 é Temer de novo para o bem do povo!.

    • Pedro Malazarte
      2 de novembro de 2017 at 18:06

      Paulista é caipira até morando na cidade grande. Aqui o sujeito é vagabundo, a mulher quem trabalha para sustentar a casa, mas adoram apontar o dedo para os defeitos dos outros. Os mesmos que odeiam o Lula, o PT e chamam de “vagabundo” quem recebe o bolsa-família. E depois a tradicional família paulista depois de passar a semana zombando de deficientes, apontando defeitos dos outros, fazendo bullying com os mais fracos vai na missa toda reunida posar de moralista e puritana. Assim são muitos paulistanos. Sei bem o que é isso.

    • revenger
      3 de novembro de 2017 at 15:59

      Nobre colega há de admitir que Laranjal é um ótimo lugar pra se recrutar prestadores de serviço que se colocam como donos do din din.

  10. Andrey Vichinsky
    1 de novembro de 2017 at 11:51

    Um Mesquita, apenas um Mesquita seria capaz de tão colossal obra. Gigantesca, pujante, avassaladora e intumescente prova de fidelidade ao nosso querido Tyrannos Rex, foi o ápice do raciocínio dos homens de bem. Merece ser emoldurada em dourado e exposta em todos os lares habitados pelos bons homens de bens do Brazil.
    Quanta gratidão da tradicional família paulistana ao nobre e magnânimo constitucionalista que conduz toda nação ao futuro. Somente nos séculos vindouros, provavelmente a partir do XVI, a ralé será capaz de compreender esta verdade estatística.
    Somente um gênio como o professor da fegevê, que rima fegacê, Carlos Pereira seria capaz de conseguir colocar os pingos nos is ao somar batatas com baratas, multiplicar por vergalhões e dividir por pimentões. A prova dos nove foi na equação cortar os tês e contabilizar os ganhos.

  11. Pink Panther
    1 de novembro de 2017 at 9:17

    Isso me surpreendeu!… já havia comentado aqui que sempre desconfiei que o amado professor Harioval d’Almeida Prado era ghost writer dos editoriais do estadão. Será possível que nosso digníssimo guru tem mesmo concorrência a altura no combate ao comunismo ateu e na defesa da família cristã?

  12. Vivi
    1 de novembro de 2017 at 9:03

    Ecce Homo!

  13. Heidi Maria
    1 de novembro de 2017 at 8:49

    Mestre,

    “ A verdade é dura, professor Hariovaldo cansado de guerra vai apoiar a ditadura”

  14. Ricardo Fabri Filho
    1 de novembro de 2017 at 6:50

    Moderation? Hummm…

    Sds, RFF

  15. Dr. Aristeu P. I. Lantra
    1 de novembro de 2017 at 6:46

    O homem de ben$ Tucanaldo Ai-Que-Medo, mais conhecido como Uncle King, disse que os editoriais do The Big State são os melhores do País, por isso nada melhor do que divulgá-los urbi et orbi para conhecimento do todos os gentis-homens.
    Parabéns ao mestre Hariovaldo por mais esta ação cultural de formação da boa educação de seus leitores.
    Sugiro publicar também os artigos de Luci-Nose Hulk, cheios de bons ensinamentos e exemplos para a classe dos citizens of ben$.
    Hulk 2018!

  16. Ricardo Fabri Filho
    1 de novembro de 2017 at 6:46

    O Doutor Professor Prado deve ter tido alguma desavença nas mesas de tranca com algum herdeiro do valoroso matutino paulista,no clube Harmonia, para usar de tamanha e rara ironia neste post agressivo.

    É límpido e cristalino, até para a classe dominante escravocrata nefasta e anti cristã demoníaca que frequenta este bloguinho maçom, que o nobre Dr. Michel só compra editoriais de jornais, os deputados ele aluga somente, a preço de ocasião.

    Sds, RFF

  17. José Vicente de Magalhães
    1 de novembro de 2017 at 6:41

    Enfim a verdade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.